Pergunta

RECLAMAÇÃO alteração de contrato

  • 10 Setembro 2019
  • 7 respostas
  • 196 visualizações

Crachá
Boa noite:
Sou cliente MEO já há alguns anos e como tenho um apartamento pedi a instalação, em DEZ de 2018, a MEO (2ª casa).
Por motivos pessoais aluguei esse apartamento no presente mês e o meu inquilino disse não se importar ficar com os equipamentos no entanto necessita de telefone e aumentar a velocidade de internet.
Falei com o 16200 e informaram-me que ele podia ficar com o meu pacote ou então solicitar outro pacote e bastava fazermos uma deslocação a uma loja oficial.

Fomos à loja do Palácio do Gelo em Viseu, e estes disseram não ser possível e fizeram um novo pedido de instalação para o "meu apartamento".

1º Gostaria de saber como é possível fazer um pedido de instalação quando já existe um no apartamento;
2º Recebi duas informações completamente diferentes e sinto-me lesado por isso, uma vez que sou cliente e sempre efetuei os pagamentos por débito direto;
3º Aguardo por informação de forma correta e fidedigna uma vez que se não me esclarecerem pretendo apresentar reclamação na DECO.

7 respostas

Reputação 7
Crachá +24
Qual o motivo que indicaram para não ser possível?
Crachá
O que disseram é que apenas era possível se ele continuasse com o meu pacote de 2ª casa, ao alterar para outro pacote com telefone e mais velocidade de internet não era possível.
Reputação 7
Crachá +24
Passa a titularidade do seu pacote para ele. E depois ele renegoceia novo pacote e condições em troca de nova fidelização. Não é possível assim?
Crachá
Para que todos tenham conhecimento, no dia 13/09/2019, desloquei-me a uma loja oficial da MEO e nesta disseram ser possível fazer a alteração.
Desta loja ligaram então para alguém responsável da MEO, que disseram que iam fazer essa alteração (ou seja o contrato passava para o inquilino e este escolhia um novo pacote), ambos concordamos e a MEO disse que nos ia contactar nos dias seguintes.
No dia 16SET19, recebi um email da MEO com o seguinte conteúdo:

"Em resposta ao seu pedido, informamos que após análise da situação esclarecemos que no serviço 1702104062, encontra-se beneficiar de uma campanha de 2ª habitação, condição essa que não transita se optar pela alteração contratual .
Na expetativa de termos esclarecido todas as suas dúvidas esperamos continuar a merecer a sua confiança.
Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 200 e na Área de Cliente em meo.pt.
Serviço ao Cliente"

Vou ter que ficar com o pacote, no entanto, vai seguir uma reclamação para a DECO.
A solução, para já, passa por ter que pagar mais três meses ambos os serviços (1ª e 2ª habitação) e como vai acabar o contrato da 1ª habitação, nessa altura vou rescindir com a MEO e opto por outra operadora.
Reputação 4
Crachá +6
O email apenas esclarece que a situação de 2ª casa deixa de ter efeito caso mude a titularidade do contrato, situação normal, visto o contrato passar para outra pessoa e não ser a 2ª habitação dessa pessoa. Nada de anormal, prossiga com o processo que está tudo nas condiçoes normais
Crachá

Caro user,

A empresa MEO apenas complica a vida às pessoas, principalmente a quem paga, porque quem não tem dinheiro para pagar ou utiliza equipamentos fraudulentos, devido à complexidade das coisas, não querem saber.

 

Tenho contrato com a MEO na minha 1ª habitação que termina a 04/01/2020 e um de segunda habitação (na qual não resido desde setembro de 2019) que termina em dezembro de 2020.

Durante este mês depois de várias chamadas, idas à loja oficial, ontem consegui finalmente cessar o contrato da primeira habitação.

Agora vou ficar a pagar o da 2ª habitação, local onde não tenho residência, onde existem dois contratos (o do atual morador e o meu, que se ler o meu post anterior tentámos transferir no devido tempo).

Na minha primeira habitação vou optar por outra operadora.

O que é triste no meio disto tudo, é que no dia de ontem, voltei a solicitar ao operador (Sr. João Gonçalves), que me passa-se a um supervisor para me resolver a situação da 2ª residência e a preocupação deste, era renovar o de primeira habitação fazendo as mesmas condições que concorrência.

Eu respondi-lhe que aceitava a renovação com as mesmas condições que me estava a oferecer a concorrência, no entanto, que me aceitassem os equipamentos da 2ª habitação e me devolvessem o dinheiro que paguei desde setembro, uma vez que dessa habitação estavam a receber de dois titulares, sendo que um, já não usufruía do serviço que era eu.

O operador disse que não podia fazer isso e solicitei a cessação do contrato de 1ª habitação.

Muito triste mesmo isto tudo.

 

 

 

 

Crachá

Já que não consigo editar:

Onde se lê “que me passa-se a um supervisor”

deve ler-se “que me passasse a um supervisor”

Responder