A maior rede de fibra ótica... Mas esqueceram-se de nós

  • 30 March 2021
  • 0 respostas
  • 33 visualizações

Crachá

Venho por este meio solicitar a melhoria dos serviços de Internet e televisão atualmente existentes na Freguesia de Açoreira, Concelho de Torre de Moncorvo, com o respetivo código postal 5160-011.

A população de Açoreira, na sua totalidade, têm atualmente um serviço de Internet medíocre e lamentável, que não satisfazem as necessidades atuais de quem diariamente necessita da internet para trabalhar ou comunicar.

Os serviços de internet existentes de momento na localidade são bastante medíocres, via adsl ou satélite, e apresentam velocidades de transmissão de dados e qualidade de rede lamentáveis para os dias de hoje. Assim como também é “normal” a avaria e a falha nos serviços, ficando os clientes sem o serviço de televisão e internet chegando a durar 2 e 3 dias. E os preços destes serviços medíocres são iguais e em alguns casos superiores aos que se fornecem nas cidades com velocidades e qualidade muito superiores.

É de conhecimento público que a rede de fibra ótica foi instalada e alargada até à central de comunicações existente na entrada da povoação, mas não procederam à sua distribuição para a povoação.

É também de referir que nas localidades mais próximas de Açoreira, a localidade de Sequeiros, pertencente à freguesia de Açoreira, e Maçores, pertencente à freguesia União de Felgueiras e Maçores, a fibra ótica encontram-se instalada e disponível para a população, tendo assim a Açoreira ficado “esquecida” no “meio” de duas localidades com fibra ótica.

Assim, e de forma a que todos os residentes de Açoreira possam usufruir de um serviço de internet e televisão “em condições aceitáveis”, especialmente hoje em dia que cada vez é mais necessária para trabalhar ou ter aulas a partir de casa, apela-se que tenham em consideração esta situação e que a reencaminhem para os departamentos competentes com a esperança de que se preocupem com os vossos clientes.


Tópico fechado, já não permite mais respostas.