Serviço pago não é serviço adquirido

  • 8 Fevereiro 2015
  • 0 respostas
  • 744 visualizações

  • Novo Membro
  • 0 respostas
Somos clientes da PT há vários anos e temos neste momento um dos pacotes mais caros disponíveis, pagando quase 100 € por mês por TV+Telefone+Internet fibra+2 Telemóveis. E temos um problema grave com a PT, por resolver já há algum tempo apesar das queixas. Como somos clientes empresariais pressupõe-se que pelo menos o telefone, a internet e os telemóveis são essenciais para nós. Ao ponto de que se falharem isso pode deitar-nos um trabalho por terra pois temos participações em concursos internacionais a cumprir com upload de ficheiros online em que, se a Net falhar e estivermos em cima dos prazos, não conseguimos fazer o upload e perdemos os concursos à partida. E o nosso problema é que, por ordem crescente de grandeza: -em relação à TV deram-nos, após a mudança de morada, a Box mais infeliz que tinham pois nem sequer possibilita gravações; -os cartões de telemóvel deixam de funcionar constantemente seja em que equipamento for; -e, o mais grave de tudo, pagamos Net Fibra para ter um tráfego que nunca chega a metade dos 100 MB e ainda pior, a net wireless desliga-se sozinha com frequência pelo menos dia sim, dia não! Chegamos a informar-nos nos fóruns e chegamos à conclusão que o router novo que nos foi fornecido também com a mudança de morada, é dos mais fracos que há, não tendo sequer capacidade de transmissão de sinal perante computadores de melhor qualidade como é o caso dos computadores que temos (que apanham todas as redes da vizinhança mas às vezes não apanham a nossa com o router encostado a eles). Fizemos já diversas queixas e solicitação de troca de equipamentos. Inventam sempre desculpas, acedem remotamente e miraculosamente a rede começa a funcionar e depois dizem que isto acontece porque a rede interpretou encerramentos abruptos da ligação de nossa parte. E estas desculpas não são válidas e já começam a chatear pois chegam a tentar tratar-nos como ignorantes a nível técnico o que se torna ridículo e ofensivo. Depois telefonam do nada a qualquer hora a dizer que vão agendar uma reunião com um assistente pessoalmente para aferir a nossa satisfação e os nossos problemas. O assistente aparece e fica confuso porque afinal não tem nada para nos vender porque já pagamos o pacote mais caro e o senhor só tem como função vender coisas... E nós continuamos na mesma. Concluindo: queremos perguntar à PT se não há problema em avançarmos com uma queixa à DECO e eventualmente processo judicial para anular a fidelização e rescindir contrato, de preferência antes deste mau serviço causar um problema irremediável no nosso trabalho que nos chegue a custar dinheiro e crie as bases para a exigência de uma compensação à nossa empresa. A não ser que finalmente a PT nos responda com uma solução e corrija o problema. Como hoje é domingo e estamos há 10 horas com a net a cair ou a voltar lenta como no tempo da avó, optamos por deixar aqui mensagem no fórum a ver se é possível honrarem e respeitarem-nos como clientes com uma resposta e uma solução. Caso não o façam vamos ter de voltar a telefonar com as queixas do costume, e caso voltem a lavar as mãos de culpas pelo mau serviço vamos ter de proceder à rescisão o mais rapidamente possível.

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder