Resolvido

Reclamação formal

  • 2 Setembro 2021
  • 10 respostas
  • 246 visualizações

Pretendo apresentar reclamação formal e como tal desejo saber como devo proceder, antes mesmo de encaminhar este assunto para o jurídico.

Estou sem serviços na minha habitação desde de ontem de manhã, estou em teletrabalho e como tal privado de trabalhar.

Já contactei a linha de apoio (se é que existe) 6 vezes, ficando pendurado aguardar mais de 1h de cada vez!!! Criei pedido e ninguém responde.

Para além de estar sem serviços estou a ser gravemente lesado a título profissional pelo que exigo que a MEO assume todos os ónus e prejuízos consequentes desta situação.

icon

Solução por Ricardo27 2 Setembro 2021, 13:25

Eles têm, contratualmente, 5 dias uteis para resolver a reclamação, após comunicada pelo cliente. Isto se o motivo da avaria for exclusivamente da responsabilidade deles.

Ver original

10 respostas

Reputação 7
Crachá +24

Eles têm, contratualmente, 5 dias uteis para resolver a reclamação, após comunicada pelo cliente. Isto se o motivo da avaria for exclusivamente da responsabilidade deles.

Por curiosidade,  se um cliente não consegue reportar a avaria pelas vias criadas para o efeito, o que está previsto?

Juridicamente pode ser mais complicado argumentar.
 

Pedi Acistencia técnico há 24 Horas

Ainda não compareceram não tenho NET nem TV 😕 nem telefone 😕 quero saber o que fazer 

Modar de operadora ou visita 🙂 técnico já só modar a box queimou

Inademicivel

Reputação 7
Crachá +23

boas

 

gritante a quantidade de erros de portugues...bolas quase que não se percebe nada...

Reputação 7
Crachá +24

@irenemota1952-109007

A minha resposta acima também serve para o seu caso. Se pediu assistência ontem, pode demorar até 4ª feira da próxima semana. 

Crachá +1

Eles têm, contratualmente, 5 dias uteis para resolver a reclamação, após comunicada pelo cliente. Isto se o motivo da avaria for exclusivamente da responsabilidade deles.

Boa noite, 

Os 5 dias que refere estão nas cláusulas contratuais?

 

Reputação 7
Crachá +24

 

Boa tarde

 

Venho por este meio expressar o meu descontentamento e desagrado com os serviços meo, em várias situações, a saber;

 

1 - O facto de ter mudado de habitação, que serviu de pretexto para quebrar um contrato que seria de dois anos, e assim valer-se desta situação para poder aumentar os preços.

2 - A não valorização dos clientes mais “antigos”, praticando melhores preços para os contratos mais recentes.

3 - O grave problema de tentar vezes sem fim, ligar para o número de apoio ao cliente (que temos de pagar, só para ouvir uma gravação), e ficar longos períodos de tempo a espera, acabando por ser obrigado a desistir e ter de desligar.

P.S. devo disser que tenho um problema com a internet (que me faz falta para trabalhar), e que na última semana, tenho ligado várias vezes, todos os dias, para o apoio técnico…. é frustrante e revoltante durante tanto tempo nem sequer conseguir falar com a assistência….

Penso que a única solução será mesmo cancelar o debito direto.

 

Marco Canas

 

11-09-2021

Reputação 7
Crachá +24

Se muda de casa, quem comete quebra de contrato é o cliente. Já que o contrato é relativo à morada.

Sabia que todos os clientes antigos, já foram novos? Ou seja, já tiveram direito aos preços mais baixos, como refere. No entanto não concordo consigo. Nas renegociações consegue-se preços semelhantes e até melhores. 

Quanto às linhas, concordo consigo. Alternativa é comunicar pelos pedidos na sua área de cliente. 

....ou seja, talvez o melhor seja rescindir o contrato e fazer um novo em nome da minha esposa, dois anos mais tarde um novo em nome da minha filha.....(uma vez que os novos clientes são sempre mais valorizados).

Quanto a mudança de morada, uma vez que pago a instalação, a única razão que vejo para se mexer no contrato é mesmo a alteração dos termos do mesmo, com prejuízo para o cliente ( o que aconteceu).

Em relação a assistência, depois de ter ligado aí umas 10 vezes (chamada paga), de ter feito reclamações por escrito, e de ter facultado a ligação gratuita, continuo a espera de uma resposta (já lá vão 9 dias).

Responder