Migração que é um embuste

  • 22 Julho 2017
  • 0 respostas
  • 438 visualizações

Boas, sou cliente meo há 8 anos. Desde que a MEO Fibra existe, aderi... foi muito bom, excelente serviço, tudo corrria bem... 

Em Abril deste ano, pedi migração de serviços, pensando que migração seria migração, o facto foi que foi migração com limitação, ou seja, foi-me informado pela linha de apoio que na zona para onde ia morar não tinha fibra, mas sim ADSL. Como em Abril a casa não estava pronta, pedi adiamento da instalação. Tive de tudo: desde desligarem o serviço antes do prazo, passando por dupla facturação (nas duas moradas), tive de tudo. Chegado o dia da migração, em Junho, constato que não consigo livar todas as TV´s que tenho, o Modem/router é arcaico e tem 2 portas danificadas, o técnico que instalou o serviço usou a cablagem internet que eu tinha posto e pago para isso, deixando assim a minha smartv sem ligação cabo, e hoje por exemplo, sexta à noite, sem TV à semelhança de muitos outros dias que passo à espera que a ligação ADSL se reestabeleça.

Tentei desistir, logo após constatação de que o serviço era deficiente e respostas às reclamações :ZERO, desde queixas à ANACOM, nada.

Alegadamente, em Abril concordei com a migração e respondi que concordava, e alegadamente confirmei com SMS. 

Não sou técnico de informática, mas ao que parece, teria que saber o que quer dizer ADSL e as suas limitações, essas são as acusações que me são dirigidas, com uma ameaça: assinei um contrato (verbal- uma gravação que não me recordo) que me vincula 24 meses.

Como poderia eu saber que após o serviço deficiente que me instalaram seria a migração? Manifestei a vontade de desistir dos serviços, mas a ameaça surgiu... 500 euros

Em resumo: migração é fraude, um embuste em que eu caí e fica o alerta para outros utilizadores e clientes MEO.

Isto é uma empresa que prefere ter reclamações, mas o pessoal vai pagando... bater ao telefone não dá, ralhar não doi...por isso «deixai-os clamar... desde que paguem...»

Solicito ajuda de me livrar desta gente, já comecei a contagem dos riscos por dias, tal como os prisioneiros em cela se tiver que aturar mais isto...

 

 

 

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder