Mais um enganado por telefone.


Boa tarde, 

Venho aqui expor o meu caso sobre o modo de trabalho da MEO.

Sou cliente desde 2011 e apesar de varias divergências com a MEO tenho mantido o serviço, até agora.

Em janeiro de 2015 contactei a MEO (burrice minha) para saber se acompanhavam o preço da vodafone porque tinham acabado de instalar a fibra na minha zona e o preço era bem mais barato. Depois de várias tentativas do colaborador para que eu aderisse a um pacote com telemóvel, eu expliquei-lhe que tinha telefone de empresa e que tinha ligado para pagar menos, e não mais, como ele me propunha. Depois de vàrias tentativas, lá me fez uma proposta que foi de encontro ao que eu pretendia, pois ficaria na MEO se a diferença para os outros operadores fosse minima. A proposta foi de ficar a pagar 29.90€ mantendo o pacote que tinha mas com uma fidelização de 24 meses.

Na altura do contacto tinha o pacote Meo total 30 com 200 canais. Aceitei a proposta com a condição de manter durante o periodo de fidelização o pacote que tinha antes: 200 canais, internet 30 Mbps e o telefone fixo, e foi-me dito que sim, durante o periodo da fidelização era esse pacote que teria.

Em Agosto de 2015 passei a ter só 145 canais e questionei o apoio ao cliente o porquê dessa situação, e foi-me dito que tinha sido uma oferta de 2013 que tinha acabado e não tinha mais direito a ela. Questionei sobre a oferta que tinha sido feita em janeiro e foi-me dito que a indicação que tinham era para manter o pacote que tinha em 2011 e que a oferta dos 200 canais era só até agosto de 2015, voltei a dizer que só aceitei a fidelização porque me foi garantido que mantnha os serviços como estavam até ao fim da fidelização e voltaram a dizer que não e com uma certa arrogancia que não tinha direito aos restantes canais. 

Perguntei como poderia ter acesso a´gravação para provar o que me tinha sido dito, e fui informado que teria que me deslocar a uma loja e preencher um formulário, coisa que fiz. Passados uns tempos recebo uma carta a dizer que a gravação não foi localizada. 

Novamente entrei em contacto com o apoio ao cliente para saber o porquê de não existir gravação e foi-me dito que só gravam 6% das chamadas e eu disse que se não posso comprovar o que me foi dito então desistia, porque se não há gravação para eu poder contestar tambem não há para me imporem a fidelização. Enviei uma mensagem a perguntar o que fazer para rescindir o contrato porque tinha sido ENGANADO e a resposta foi, o modo como o fazer e a lembrarem que tenho fidelização até janeiro de 2017 e que teria de pagar os valores até lá.

Para acabar em beleza, em janeiro aumentaram a fatura 2€, quebrando mais uma vez o acordado.

Agora deixo aqui algumas perguntas::

Poderá a Meo fazer o que quer?

Se altera assim o acordado, não podem tambem aumentar as mensalidades a seu belo prazer?

 

1 resposta

Reputação 6
boas


 


realmente tens um ponto a favor...se não existe gravação (é verdade que so uma pequena parte fica gravada) logo tambem nao podem provar que te fizeram uma nova fedilização e que aceitas-te...

Responder