Pergunta

incorgruencia entre o valor contratualizado vs. o valor em fatura

  • 10 Setembro 2019
  • 0 respostas
  • 58 visualizações

A Maio de 2019, realizei um contrato novo com a MEO, por via telefónica onde foi acordado a mensalidade de 29,99€ com oferta da MEO BOX. Foi me igualmente dito que, o contrato que iria receber por e-mail, iria apresentar um valor diferente do valor que me iria ser cobrado, mas que a chamada telefónica iria comprovar os termos e condições do contrato.



A Agosto de 2019, quando efetuei uma reclamação uma vez que me estava a ser cobrado um valor superior ao que me foi comunicado em chamada, pelo que sugeri que ouvissem a chamada. Após vossa análise, foi me comunicado que apenas poderiam analisar a documentação em papel e que para a audição da chamada teria de pedir uma audição numa loja MEO.



Ainda no mês de Agosto, pedi a audição da chamada, a qual não me foi enviada, sendo que continuo a receber faturas com taxas de incumprimento contratual quando o incumprimento é da vossa parte, e não vejo fim a vista com esta situação, uma vez que para apresentar o pedido final de queixa, tenho de ouvir a chamada para voçes posteriormente analisarem a chamada e poderem-me finalmente ajustar o valor da faturação.


Informo que, para tornar mais célere o processo, peço que vocês ouçam a chamada e me enviem também por forma a esclarecer o resolver o assunto.

Igualmente, é absurdo obrigarem-me a pagar (com taxas de incumpriento contratuais) o valor desfazado do que foi contratualmente defindo por voçês, sendo objeto de uma prática de má fé por parte da vossa instituição


Mais informo, que trata-se de um péssimo ato da MEO estar a prolongar um assunto, ficando a aguardar não só o estorno de todos os valores superiores que tive de pagar, assim como a correcão dos valores contratualmente efetuados por vós.

Caso o assunto não seja resolvido até ao final do mês de setembro, irei apresentar queixa junto da ANACOM e DECO, assim como cancelar o serviços por incumprimento contratual da MEO.

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder