INCOMPETÊNCIA

  • 10 Julho 2019
  • 1 resposta
  • 128 visualizações

  • Novo Membro
  • 0 respostas
L. N, residente em Lisboa, vem pelo presente solicitar que seja cancelado o seu serviço contratado com a MEO, por justa causa, pelos motivos abaixo descritos:

1 - No dia 29/06/2019, fui contatado telefonicamente, por uma funcionária da MEO, se pretendia aderir a um pacote da MEO, onde foi por mim informada que no momento tinha um contrato de um pacote da NOS, que incluía TV, Internet, Telefone fixo, vem como dois cartões de telemóvel. Tendo ainda um outo cartão de telemóvel, que era da rede MEO.
Sendo-me sugerido pela mesma funcionária, que ao contratar o pacote da MEO, e sendo que um dos cartões constantes do referido pacote NOS, é utilizado pela minha filha menor de idade, seria melhor juntar ao pacote MEO, o meu cartão da MEO e o outro cartão da NOS. Relativamente ao 2ª Cartão do Pacote NOS, como é utilizado pela minha filha menor, segundo a mesma seria junto à faturação do pacote MEO, mas como MOCHE FATURAÇÃO 1GB, que ficaria pelo preço de 9,80 €.
2 - Como já não me encontrava fidelizado à NOS, aceitei o contrato, com as condições que me foram propostas pela MEO, sendo marcado para dia 07/06/2019, a instalação do serviço, sendo-me referido que após a instalação do serviço, demorava 2 dias uteis, para procederem à portabilidade dos dois cartões que se encontravam agregados ao pacote NOS, sendo 1 cartão junto ao pacote MEO e o outro junto à faturação como MOCHE FATURAÇÃO 1GB. No entanto iriam dar inicio aos pedidos de portabilidade, sendo-me solicitado que enviasse por correio, os formulários assinados, ou então que me dirigisse a uma loja MEO, para assinatura dos referidos impressos.
3 - No dia 08/07/2019, desloquei-me à loja MEO, da Bela Vista - Lisboa, para assinatura dos referidos impressos, para que a portabilidade fosse efetuada o mais rápido possível, uma vez que a faturação da NOS era de 08 a 08 de cada mês, para evitar ter que pagar a mensalidade da NOS, relativo ao mês de Junho.
Para meu espanto, quando cheguei à loja da MEO e após ter informado a funcionária do motivo da minha deslocação àquela loja e o que pretendia fazer, foi-me informado, que nem poderia solicitar a portabilidade do cartão da minha filha, pois para isso teria que ser a minha filha menor a efetuar o contrato e muito menos por aquele valor, já que o valor mínimo rondava os 15 €. Pelo que expliquei à funcionária por diversas vezes, que foi o que me havia sido proposto para aceitação do contrato, continuando a mesma irredutível. Perante a minha insistência e após eu ter afirmado por diversas vezes, que pretendia o serviço com as condições que me fora proposto, ou caso negativo cancelaria o contrato, ao fim de 2 horas, esta colocou-me em contato telefónico com elementos da MEO, conversa telefónica essa que durou cerca de 01H25, passando de funcionário para funcionário, tendo falado com cerca de 20 funcionários da MEO de serviços distintos, sendo-me informado por uns que não havia qualquer problema, outros que não era possível, pelo que pergunto, se não era possível porque me foi vendido este pacote com estas condições, ainda mais sugeridas pela vendedora? Sendo que com o ultimo funcionário que contatei, este confirmou-me a existência desse pacote nessas condições, informando ainda, que por vezes as lojas tinham dificuldade em aceder aos dados e condições dos contratos, solicitando que a loja procedesse à portabilidade do referido cartão, nas condições que eu havia mencionado e que na impossibilidade de no momento procederem às alterações, que fosse efetuada a portabilidade para uma cartão da MEO de Pré-carregamentos, enquanto resolviam a situação. Pelo que foram preenchidos diversos formulários, efetuaram cópias do meu Cartão do Cidadão, bem como do da minha filha menor, porque segundo o funcionário era necessário a junção de cópias dos cartões, pelo que após a assinatura dos formulários e ao fim de 04H00, abandonei a referida loja, pensando que tudo estava resolvido.
4 - No dia 08/06, pelas 17H39, foi recebida uma mensagem do nº 1242, no telemóvel com nº, a informar o código de validação.
5 - No dia 10/06 foi recebido no mesmo numero uma mensagem a informar que o pedido de portabilidade se encontrava incorreto, para entrar em contato com os serviços da MEO, o que fiz.
Sendo-me de imediato informado, que o problema se prendia com o contrato se encontrar em meu nome e o MOCHE, apenas se destinar a menores, e mais uma vez voltava-mos ao inicio da minha deslocação à loja da MEO.
Como a situação não era resolvida e uma vez que a portabilidade do outro numero, já se encontrava resolvida no dia 12/06, entrei em contato telefónico por variadas vezes, em diversos dias, com os serviços da MEO, o que me obrigou a gastar muitos euros, que virão na próxima fatura, e não se saía do impasse inicial, pois depois de falar com variados funcionários que iam empurrando uns para os outros, com a mesma conversa, ou seja, com uns não havia qualquer problema e que iriam ser céleres na portabilidade, mas entretanto ligava passados uns dias para saber da situação e falava com outro funcionário que inventava todos os problemas e mais alguns, ou porque não poderia ser faturado em conjunto, outros que teria que ser a minha filha a fazer um contrato com a MEO, continuando eu a afirmar que pretendia o que me foi vendido. De salientar que o nome dado a este MOCHE é MOCHE FATURAÇÃO 1 GB.
6 - Como se mantinha a situação encontrando-se o nº, ainda agregado ao contrato com a NOS, o que me irá obrigar a pagar o pacote da NOS de todo o mês de Junho, no dia 29/06, desloquei-me à loja da MEO, do Vasco da Gama, onde expliquei o problema ao funcionário que me atendeu, que me informou que se tratava de um lapso da MEO, pelo que foram preenchidos novos formulários que assinei, sendo-me informado, que por se tratar de fim-de-semana, não iria ser efetuada a portabilidade, mas que na Segunda-feira (dia 01/07) seria tudo tratado, que estava tudo resolvido.
7 - Para meu espanto, no dia 04/07, foi recebida no nº, a mensagem que o pedido de portabilidade falhou. Para me deslocar novamente à loja, para efetuar novo pedido.
Estupefacto com esta situação aberrante, que se não me custasse dinheiro, até seria uma situação cómica, e farto desta comédia trágica, no dia 07/07, desloquei-me novamente à loja da MEO do Vasco da Gama, onde após expor a situação, foi-me informado pela funcionária, que o erro se devia ao formulário que havia sido preenchido no dia 29/06, pois não era o correto.
De referir que o impresso foi elaborado pelo funcionário da MEO, tendo eu me limitado a ler e assinar, salientando ainda, que não foi por mim autorizado a efetuar mais cópias do meu Cartão de Cidadão, bem como do da minha filha, que retirasse apenas os dados que necessitava.
8 - Farto de toda esta longa palhaçada, informei a funcionária, que ou a situação estava resolvida até ao dia 10/07, ou seja hoje, ou iria solicitar a anulação do contrato com a MEO, por justa causa, por incumprimento por parte da MEO.
Pelo que para terminar o circo MEO, hoje, dia 10/07/2019, finalmente e ao fim de 1 mês e meio, alguém da MEO, se dignou a contatar-me para me informar sobre a situação, e espantem-se, para me informar que havia um erro com o formulário preenchido pelo funcionário da MEO, para me deslocar à loja novamente.

Ao que informei o dito senhor, que eu não sou funcionário da MEO, e tenho vida para além da MEO, que o problema era deles que se os funcionários não sabem preencher um simples impresso, muito mal vai a MEO.
O problema é que com o arrastamento desta situação, além do valor já despendido em todos os telefonemas para a MEO, ao longo deste tempo, encontro-me com as faturas de Junho e Julho, da NOS e da MEO, para pagar.
Pelo que questiono a MEO, sobre que vai arcar com as faturas em duplicado, relativas a estes dois meses.
Pelo que aguardo uma resposta rápida desses serviços, de preferência ainda durante o presente ano.

1 resposta

Reputação 7
Crachá +24
Espero que não esteja à espera de uma resposta pelo fórum. O fórum não serve para questões de reclamações ou cessação de serviços. Isto é um fórum, não um apoio ao cliente.

Responder