Pergunta

Falsificação de Assinatura

  • 20 Maio 2019
  • 0 respostas
  • 141 visualizações

Em junho de 2016 assinei um contrato com a Operadora MEO. Em setembro de 2018 decidi mudar de operadora, mas antes disso
necessitei de rescindir contrato com a MEO, visto também que já tinha sido ultrapassado o período de fidelização. Contudo, através
de contacto telefónico tive conhecimento, e para meu espanto, que o contrato que tinha com a MEO tinha sido renovado. Assim
sendo, como desconhecia tal acontecimento pedi uma cópia relativa a essa renovação e inicialmente não chegou nada, voltei a insistir e quando recebi o documento detetei de imediato que
alguém ligado à operadora falsificou a minha assinatura, estando o meu e-mail também errado. Sabendo disto voltei a contactar a
operadora para pedir esclarecimentos mas mostraram-se irredutíveis e sem 'vontade' de resolver o crime cometido. Conclusão, enviei
uma carta de rescisão elencando todos os motivos e pedindo o cancelamento dos serviços prestados pela operador MEO, tenho um
único contrato, mas com um pacote composto por três serviços (Televisão, Telefone, Internet). No campo de Serviços a Cessar não sabia o nº de
serviço de TV e não especifiquei, por isso, agora a operador exige o pagamento de dois meses referentes a esse serviço de TV. Ainda
assim, na carta anexa onde eu explicava os motivos da rescisão coloquei a seguinte mensagem «venho por este meio pedir o
cancelamento dos serviços que tenho com a PT... se não cancelarem este contrato agiremos pela via judicial». A operadora alega que
eu não referi TODOS os serviços e estão a cobrar-se do tal serviço que não sabia o número respetivo. Gostaria que me ajudassem a
resolver este problema porque a minha intenção é não pagar qualquer valor que não foi usufruído e nem que para isso tenha que ativar a justiça.

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder