WAP Premium

  • 24 Agosto 2016
  • 4 respostas
  • 1342 visualizações

code:
Caro **bleep** XXXX,

Os valores que reclamou referem-se a conteúdos WAP Premium
Em resposta ao seu pedido, informamos que os valores reclamados referem-se a compra e/ou subscrição de conteúdos, como toques, imagens, mensagens ou vídeos, para telemóveis e banda larga móvel – serviço Wap Premium.

O serviço WAP Premium pode ser subscrito ao navegar na Internet
Este serviço pode ser ativado no telemóvel ou num equipamento com cartão SIM, através da navegação em sites de internet. A compra/subscrição implica uma confirmação do utilizador, onde são apresentadas as respetivas condições do serviço.
No seu caso, a subscrição foi feita a XX/07/2016 a pedido da empresa Vetrya Forward 800780298.

Somos alheios à gestão do serviço e atuamos apenas como intermediários no pagamento
Nesta transação, somos alheios à subscrição, entrega e qualidade dos conteúdos subscritos, sendo que apenas fornecemos o meio de pagamento para a compra: débito no saldo ou na fatura dos nossos serviços.

De acordo com o seu pedido, este tipo de serviços foi cancelado no seu serviço XXXXXXXX.
A partir de agora, já não será possível voltar a subscrever este tipo de conteúdos no seu serviço.

Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 96 e na Área de Cliente em meo.pt.


Serviço ao Cliente
meo.pt


Por favor, não responda a este email. A sua resposta não será lida nem encaminhada.



PERGUNTE, RESPONDA, CONTRIBUA. ACEDA JÁ AO MEO FÓRUM.
A sério que respondem a uma queixa com um email noreply?

 

Não existiu nenhuma confirmação da minha parte. Houve um redirect numa página web legitima, provavelmente por publicidade maliciosa que automaticamente me subscreveu ao serviço.

Se têm empresas a explorar falhas no sistema para roubar os vossos clientes é do vosso interesse resolver. Intermediários de pagamentos não estão livres de qualquer responsabilidade por utilização danosa por parte das empresas a quem facultam esse serviço.

Quero saber que dados pessoais meus esta empresa apresentou para a PT aprovar a cobrança. E se estão a explorar o sistema quero ver isto resolvido (para além do 3 euros que gostava que fossem devolvidos).

 

4 respostas

 

Só um update, dado que este parece ser o único meio que disponibilizam.

Já apresentei queixa tanto no portal do consumidor como na anacom.
 

Boa noite hcastilho.

 

Aconteceu-me dia 06/01/2017 uma situação muito parecida, sem nenhuma confirmação da minha parte, recebo um sms de subscrição de um serviço. É uma vergonha que estas situações continuem a acontecer, e que a MEO descarte a responsabilidade, com o argumento de serem ''apenas''  intermediários!

 

Gostava de saber se as queixas tanto no portal do consumidor como na anacom, tiveram algum resultado positivo?

 

Obrigado e cumprimentos
Boas,


Do portal do consumidor não obtive resposta, no entanto da ANACOM obtive resposta passado uns meses. Se efectivamente vão fazer uso da informação é uma outra questão, no entanto se o número de reclamações deste tipo não tiver expressão certamente nada se vai alterar.
Deixo aqui a resposta que obtive:


code:
Exmo. Senhor,
Obrigada por nos contactar.
Recebemos, no dia 24/08/2016, a sua reclamação contra a empresa MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A..
Lamentando a demora na nossa reação, informamos que a situação que descreveu será tida em consideração no exercício das nossas competências de regulação do mercado e fiscalização da atividade dos prestadores de serviços. A informação que nos é transmitida pelos utilizadores ajuda-nos a detetar e a corrigir comportamentos irregulares no mercado, bem como a identificar situações em que podemos vir a reforçar a proteção dos utilizadores.
Os resultados da nossa atuação, designadamente as medidas adotadas e as sanções aplicadas aos prestadores infratores, são divulgados ao público no Portal do Consumidor da ANACOM.
É importante que saiba, porém, que a ANACOM não tem competências para resolver conflitos individuais entre utilizadores e prestadores de serviços.
Se não conseguiu resolver a situação descrita junto do prestador de serviços, recomendamos que recorra aos Centros de Arbitragem de Conflitos de Consumo ou aos Julgados de Paz. Estes meios de reação são mais rápidos e mais baratos do que os tribunais, com iguais garantias de segurança.
No Portal do Consumidor da ANACOM - em www.anacom-consumidor.com - encontra informação útil sobre os serviços de comunicações, bem como sobre o que pode fazer em caso de conflito com o seu prestador de serviços.
Se necessário, contacte-nos através do número gratuito 800 206 665.
Com os melhores cumprimentos,
Maria Corte-Real
Chefe da Divisão de Apoio aos Consumidores e Atendimento ao Público
Passei por situação igual esta semana:
https://forum.meo.pt/t5/Servi%C3%A7o-Telem%C3%B3vel/Queixa-relativa-a-subscri%C3%A7%C3%A3o-de-servi%C3%A7o-pago-que-n%C3%A3o-foi/m-p/101501#U101501

 

 

Responder