Tarifário eVoz eSMS eIT

  • 15 December 2014
  • 0 respostas
  • 1344 visualizações

Reputação 3
Crachá +5
Tenho o antigo tarifário eVoz eSMS eIT, que segundo o "contrato" incluindo letras pequenas, não mensiona em lado nenhum que com saldo negativo perco o direito a envio de SMS's e acesso à internet, alias por ser um tartifário prépago nem deveria ter saldo negativo, pois uma vez não haver saldo suficiente para o debito das mensalidades as mesma não deveria ser debitadas, o vosso apoio a clientes é uma autentica **bleep**, pois peço que me cancelem serviços como o waitrings que é o motivo do saldo negativo, mas não me é cancelado, peço que o assunto seja resolvido num prazo (12h nesta caso e que seja resolvido por e-mail, pois estou farto de ouvir gente sem formação para o serviço que presta) e só passado 2 dias recebo uma chamada a qual não atendi pois não estava perto do telefone, mas se antendesse era para a desligar na cara de que me estava a ligar pois pedi expressamente por e-mail e sabem porquê, porque assim tenho uma prova escreita do que se esta a tratar, sabem qual o conteudo do email? era a perguntar o numero de telefone em questão, ora seram burros ou o quê, eu sou alentejano, mas não estupido se o numero com o qual tenho problemas fosse outro que não o de contacto teria fornecido essa informação, e continuo sem resolução, vejo o prazo da minha mensalidade a esgotar e não posso enviar SMS's nem utilizar a Internet no telemovel, depois vão querer mais 25€ para nova mensalidade e os Mb's remanescentes ficam com eles, se o assunto não for resolvido hoje 15 de Dezembro de 2014 considerem perdidos um cliente. não quero mensagens privadas, não quero telefonemas, quero o serviço waitring cancelado o valor da ultima mensalidade do mesmo reposta para que passe a ter saldo possitivo e para que possa usufruir do meu tarifário em pleno, se isso não acontecer até as 24h de hoje 15 de Dezembro 2014, não vale a pena contactarem mais, pois após o fim da mensalidade faço a portabilidade do numero para a concurrencia. obrigado

José Lapão

0 respostas

Sê o primeiro a responder!

Responder