Pergunta

Duvida na escolha de tarifário.

  • 10 June 2019
  • 6 respostas
  • 84 visualizações

Crachá +1
Boa tarde.

Quero mudar para uma tarifário pré-pago, que não tenha carregamento obrigatórios ou mensalidade. Tenho o conhecimento da sua existência, mas no site da meo não encontro.

Alguém me podia ajudar? Obrigado.

6 respostas

Reputação 7
Crachá +24
Os pré pagos são estes:
https://www.meo.pt/telemovel/tarifarios/pre-pagos
Crachá +1
Obrigado pela sua resposta.

No entanto verifico que nesses tarifários, num tenho que pagar pelo menos 2.80euros por semana, o que dá um valor mensal de 11.20euros e no outro tenho que pagar um valor mensal de 1euro para continuar a fazer comunicações, o que no fundo acabam por serem tarifários pós-pagos.

O que eu queria mesmo era um tarifário sem carregamentos obrigatórios ou mensalidades, em que eu gastava o que carregava apenas em telecomunicações.

Creio que haja algo do género.
Reputação 7
Crachá +24
Tem ainda a possibilidade do tarifário Uzo.
https://www.uzo.pt/pt/tarifario/pagina.uzo
Crachá +3
Olá RSILVESTRE,
Esse tarifário que procuras... ( Tu e todos nós também), pura e simplesmente
NÂO EXISTE!!! Não procures mais, nem te deixes enganar, mas atenção, que é em todas as operadoras, umas de uma maneira, outras de outra, mas qualquer coisa vais ter que pagar sempre, para teres o cartão activo, quer queiras ou não...
Crachá +1
Não existe ou deixou de existir? É que há bem pouco tempo eu tinha essa possibilidade.
Crachá +3
Na filosofia do tarifário, nunca existiu...
apenas todos nós aproveitávamos, porque as operadoras não levavam à risca as regras, e facilitavam, não desligando o serviço, pois sabiam que se ia gastando o saldo e que as pessoas teriam de carregar para poderem falar, não queriam perder clientes pois os outros faziam igual. Isso agora mudou.
Fizeram como os dos bancos e dos combustíveis, sentaram-se à mesa e fizeram um acordo de aplicar a concertação combinada, pois estavam a perder dinheiro e se todos fizessem o mesmo, o cliente não se perde nunca, pois não tem escolha...

Responder