Cobrança indevida

  • 7 Julho 2017
  • 0 respostas
  • 444 visualizações

Fiz um contrato convosco em Março de 2017, com duração de 2 anos, para ficar eu a pagar uma mensalidade de 10,99€. Só paguei isso no primeiro mês porque a seguir começaram a vir faturas com 30 e tal euros para pagar. É óbvio que não paguei. Desloquei-me a uma loja MEO, expus a situação e disseram-me de imediato que iria ser tudo retificado, coisa que não aconteceu. Voltei a deslocar-me a uma loja MEO, tive de perder uma tarde de trabalho (12-06-2017) para tentar resolver a situação e puseram-me a falar com uma linha vossa, na qual ficou acordado que a situação ficaria resolvida e, para me compensarem, me seriam oferecidas 4 mensalidades de 10,99€ cada (valor contratual). No final do mês recebi uma mensagem a informar que o meu serviço iria ser cortado por falta de pagamento. Dirigi-me mais uma vez a uma loja MEO e disseram-me para não levar em consideração o SMS, visto que a situação já estava corrigida. Qual é o meu espanto quando no dia 06-07-2017 me foi barrado/bloqueado o meu cartão por falta de pagamento. Mais uma vez (como se já não chegassem as outras vezes) dirigi-me a uma loja MEO e puseram-me a falar com a vossa linha telefónica, onde me disseram que seria resolvido de imediato, mas não se resolveu. Ou seja perdi outra tarde de trabalho. No final do dia fui mais outra vez a uma loja MEO (começo a achar que devia receber uma recompensa por ser um cliente tão assíduo na loja) e disseram-me que a situação seria resolvida entre 24h a 48h. Hoje, 07-07-2017, marquei presença mais uma vez numa loja MEO (já sou quase da família) às 12h e saí de lá às 14h:10min, tudo para tentar resolver a mesma situação. Disseram-me que iria ficar resolvida desta vez, e vim-me embora. Mais tarde fui contactado por chamada pelos vossos colaboradores e disseram-me que só me iriam oferecer duas mensalidades, porque era o que estava em débito e não podiam fazer crédito de duas mensalidades. Ou seja, continuei com o telemóvel bloqueado. Fiquei (como é de entender) chateado e lá fui eu, mais uma vez, à loja MEO (de tantas vezes que lá vou quase marcamos encontros), onde após uma loooonga espera me atenderam e me resolveram a situação parcialmente: o pagamento das mensalidades em "atraso" que ficaram liquidadas, portanto ja me desbloquearam o telemóvel). Agora faltam mais duas como se tinha combinado no início deste processo todo, faltam duas tardes que perdi, e dois dias que fiquei sem poder usar o telemóvel. Agora o obvio é que pretendo ser reembolsado pela despesa que tive em termos de trabalho (não me pagam para não trabalhar) e pelo tempo que perdi ao estar nas lojas MEO, o tempo que não pude usar o telemóvel para comunicação, e mais ainda: pela paciência que tive para tentar resolver um erro que não fora cometido por mim.

Uma coisa que me incomoda é que nem o facto de ser cliente há 20 anos da vossa empresa vos impede de fazer coisas destas, e acho que é uma falta de consideração pela fidelidade e continuidade da aquisição das vossas ofertas. 

0 respostas

Sê o primeiro a responder!

Responder