Burla a Idosa de 94 anos

  • 28 Maio 2018
  • 0 respostas
  • 237 visualizações

enho uma avó de 94 anos, era portadora de um telemóvel da Uzo com tarifário livre.

Há cerca de duas semana começou a ser contactado por comerciais da MEO propondo a alteração do tarifário. Os contactos tornaram-se demasiado assíduos, sempre com resposta negativa por parte da minha avó, afirmando que estava velhota, que não queria mais nada e estava bem assim. Chegou a receber como resposta do comercial que ligariam 200 vezes se fosse preciso para lhe venderem o novo pacote.

Após vários telefonemas, e de modo a acabar com os mesmos, a minha avó la deu os dados e disse que aceitava o novo pacote de telemóvel que incluía 200 mb de internet. Recebeu então uma carta onde pedia para confirmar as condições enviando um SMS. Nunca foi enviado nenhum SMS, nunca foi assinado nenhum papel e apos contacto com a MEO ficamos a saber que o novo sistema estava ativo.

Contactada a MEO telefonicamente, foi-nos dito que o referido pacote fica ativo automaticamente , que não carece de autorização escrita ou expressa do cliente. Pedido para reverter a situação, foi-nos dito que a única maneira seria escrever a minuta de Livre Resolução a entregar dentro de um prazo de 14 dias. Pedido para o fazermos por telefone, situação relatada como impossível de realizar a não ser que fosse cobrada a indeminização prevista.

Foi, portanto a minha avó de 94 anos, sujeita a uma atividade de venda agressiva, desleal e desrespeitadora da sua situação que constitui, a meu ver, uma situação de burla.
Nunca a minha avó "viu" a internet para querer 200 mb, nunca a minha avó foi aos EUA para ter 200 minutos de roaming a partir de lá, nem sabe mandar sms para usufruir dos 550 que acabou de contratar.

Sendo a ativação automática apos o contacto telefónico dos comerciais, o cancelamento da mesma já exige um papel preenchido e assinado, mesmo após ser exposta toda a situação ao serviços.

Lamentável a forma como é tratada uma cliente frágil, idosa e que não merecia ser enganada e extorquida de mais uns euros da sua pequena reforma.
Lamentável não haver forma de travar estes telefonemas constantes, agressivos e enganadores por parte da MEO.
Lamentável as dificuldades e falta de boa vontade na resolução por parte da MEO

0 respostas

Sê o primeiro a responder!

Responder