Resolvido

Reclamaçao por cobrança indevida

  • 14 Junho 2019
  • 6 respostas
  • 529 visualizações

Exmos. Srs.

O meu nome é Francisco Romeiras. Este contrato foi celebrado ao abrigo da parceria MEO/Jornalistas.

Após 4 meses de utilização do Vosso serviço, fui confrontado com um corte unilateral e inusitado de parte das funcionalidades contratadas (n.d.r. MEO Go Multi). Após questionar os vossos serviços do motivo do cancelamento, fui informado que o serviço actualmente contratado não está a ser prestado na totalidade pela existência de um suposto crédito vencido e não pago no âmbito de um contrato terminado a 26/11/2013 e cuja última fatura remonta a Novembro de 2013 com o valor de 1,06€.

Cumpre desde já esclarecer que o referido contrato foi cessado por minha iniciativa após comunicar à MEO que as condições contratadas não estavam a ser prestadas (n.d.r. falta de internet, e inexistência de telefone fixo e sinal de televisão numa das divisões da casa), não tendo recebido da V/parte qualquer contestação a tal factualidade, como aliás nem poderia deixar de ser, atenta a objectiva degradação do serviço.

A V/indicação, comunicada por via telefónica, foi clara; deveria proceder à entrega dos equipamentos na loja mais próxima, não havendo lugar a qualquer tipo de penalização ou indemnização pela cessação antecipada do contrato. Com base na indicação prestada, desloquei-me desde logo à Vossa loja do Centro Comercial do CascaisShopping, tendo entregue todos os equipamentos.

Atento o exposto, para mim está claro que o crédito a que agora se arrogam não existe, com efeito foi-me dito claramente por um funcionário vosso não haver lugar a qualquer tipo de valor a pagar, podendo esta informação ser facilmente por vós confirmada nos vossos registos. Por outro lado, entendo como totalmente ilegítimo o corte do actual serviço com base em situações pretéritas que não reconheço, ainda para mais quando na contratação deste novo contrato não fui informado da v/pretensão em reclamar qualquer crédito, nem me foi oferecido qualquer tipo de resistência para o fazer.

Nesse sentido, e reforçando que não reconheço o crédito a que se arrogam, mas com o objetivo de manter uma relação comercial saudável com a MEO e evitar a degradação do serviço no contrato em vigor, venho por este meio propor como solução para o litígio latente, que a nenhuma das partes interessa, a celebração de um novo contrato de prestação de serviço tv + internet + fixo ao abrigo da mesma parceria MEO/Jornalistas (em adição ao já existente com o nº XXXXXX), comprometendo-se V/Exas a desistir de tentar cobrar, directamente ou através de interpostas pessoas, qualquer tipo de crédito referente ao contrato pretérito já terminado.

Com os meus melhores cumprimentos
Francisco Romeiras
icon

Solução por Ricardo27 14 Junho 2019, 21:02

Colocar isso no fórum não lhe vale de nada. Apenas serve para partilhar os seus dados confidenciais com toda a gente que possa estar interessado neles.
O seu assunto nunca poderá ser respondido, resolvido ou tratado pelo fórum.
Ver original

6 respostas

Reputação 7
Crachá +24
Colocar isso no fórum não lhe vale de nada. Apenas serve para partilhar os seus dados confidenciais com toda a gente que possa estar interessado neles.
O seu assunto nunca poderá ser respondido, resolvido ou tratado pelo fórum.
....
@Ricardo27 pretendo apagar ou editar o post original, sabe como faço? Já carreguei nos "..." e não me aparece essa opção no post original, apenas neste comentário que agora insiro
Reputação 7
Crachá +19
boas

eu ajudo...mas de maneira exepecional...
@NeoPayne pode então proceder à eliminação do tópico assim que possível, pf?
Reputação 7
Crachá +19
boas

acho que merece ficar, o conteudo esta bem descrito e bem estruturado e nada ofencivo para ninguem...só é pena que por aqui nada se possa fazer...

Responder