Pergunta

Publicidade nas gravações automáticas

  • 17 Agosto 2020
  • 13 respostas
  • 340 visualizações

Bom dia. As operadoras de telecomunicações, neste caso a MEO, estão no seu melhor. Ao aceder às gravações automáticas deparei - me que no início é apresentada publicidade. Um serviço que pago é não é pouco ainda sou obrigada a ver publicidade, não chega aquela que vejo muito prolongada nos programas em direto. Mais, corre que os clientes foram avisados. Mentira não fui avisada de nada. Vergonhoso querer ver um programa que não vi em direto e ter de levar com publicidade. 


13 respostas

Crachá

Olá Luísa. Sugiro que faça reclamação aqui https://www.livroreclamacoes.pt/inicio/reclamacao/
É rápido a preencher. Já vi comentários no facebook de gente que fez o mesmo.

E claro, pode sempre cessar o contrato. No meu caso estou pendente de resposta do suporte para tomar a decisão.

Não envie é mensagem de suporte para a opção de avarias, porque vai parar ao departamento técnico e dizem que nao podem fazer nada, que nao podem reencaminhar para outro departamento, que não podem responder por escrito, e sugerem submeter nova reclamação para outro departamento.

Crachá

O mesmo tópico está num post anterior: https://forum.meo.pt/tv-e-pacotes-9/publicidade-nas-gravacoes-143041

Boa tarde, acabei de reclamar pelas publicidades, nao consigo aceder sem concordar, tambem nao

vou aceitar nada. Dei 48horas para uma solucao, caso contrario irei cancelar o meu contracto e farei so internet, pra ver publicidade vejo no youtube e nao pago.

 

fiz reclamacao na app my meo, a proxima sera por carta registada com a advogada. Nao vao brincar desta vez.

Reputação 1
Crachá +4

E fazer » ?

Reputação 7
Crachá +24

@Romeu Loureiro

Aqui a resposta que vai receber relativamente à reclamação:

"Em resposta à reclamação por V/ apresentada relativamente ao assunto em epígrafe, prestamos os seguintes esclarecimentos:

A evolução do paradigma inerente à sociedade de informação, tem contribuído para uma alteração na forma de consumo de conteúdos audiovisuais, independentemente do respetivo suporte, nomeadamente no que respeita à forma diferente de aceder aos mesmos, que passou a conciliar a visualização de canais lineares (os tradicionais canais de televisão)  com o acesso não linear aos conteúdos dos canais (ex. gravações automáticas).

Com esta evolução de tendências, surgiu uma necessidade de adaptação dos modelos de negócio que garantam o investimento contínuo dos canais, para manterem a produção de conteúdos de qualidade e a preservação da diversidade. Os tradicionais anúncios publicitários que sempre fizeram parte do consumo de conteúdos de televisão linear, são fundamentais para a viabilização do modelo económico que permite aos canais manterem investimento em conteúdos, pelo que se torna premente a adoção de novas práticas que permitam dar resposta a esta necessidade, adaptada à nova realidade.

Dessa forma, os principais operadores que prestam o serviço de distribuição de televisão, em articulação com canais de televisão aderentes, e em linha com as boas práticas internacionais, adotaram um novo modelo que permite que, de forma equilibrada e adaptada aos interesses do consumidor, sejam veiculadas mensagens publicitárias que, repita-se, desde sempre fizeram parte das características da remuneração dos conteúdos em televisão. 

A experiência que agora se inicia pretende melhorar a experiência de televisão, pois a publicidade será apresentada previamente ao início da visualização de alguns programas. Os anúncios serão apresentados, caso selecione a opção “anúncios personalizados”, de acordo com o perfil de utilização de cada consumidor, sendo, por isso, mais relevantes. Conscientes que nem todos os utilizadores ficarão confortáveis com esta opção, deixámos ao critério de cada um receber anúncios desconsiderando o seu perfil de utilização. Garantimos, em qualquer caso, que toda a informação será tratada de forma anonimizada e devidamente protegida, em linha com as melhores práticas de proteção de dados pessoais e em cumprimento de toda a legislação aplicável.

Importa ainda referir que a publicidade, terá uma duração máxima de 30 segundos e não será apresentada em todas as gravações de todos os canais, sendo respeitados períodos de guarda que salvaguardem a boa experiência do cliente. 

Por fim, informamos que a possibilidade de efetuar e aceder às gravações dos conteúdos dos canais constitui apenas uma de várias funcionalidades extra no serviço de televisão. Esta funcionalidade não está, aliás, disponível para todos os conteúdos. Nessa medida, a alteração dos termos e condições da funcionalidade das gravações automáticas não implica qualquer alteração ao contrato. Sublinha-se, assim, que o serviço de televisão continua a ser prestado de forma integral, não existindo, no âmbito do serviço de televisão contratado, uma diminuição no conteúdo da funcionalidade das gravações.

Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 200 e em meo.pt. Se é cliente empresarial, contacte o seu gestor de cliente, ligue 16 206 ou aceda à Área de Cliente em ptempresas.pt.

Com os melhores cumprimentos.

Cristina Torres

Gabinete de Satisfação do Cliente"

Crachá

“Nessa medida, a alteração dos termos e condições da funcionalidade das gravações automáticas não implica qualquer alteração ao contrato.”

Claro que a alteração abusiva da forma como as gravações são apresentadas contraria o contrato que fiz com a Meo. Já enviei protesto para a ANACOM. Como esta entidade também não resolve nada a contento dos consumidores, quinado terminar a fidelizarão, resolverei o problema. O bombardeamento de publicidade tem aumentado constantemente, chegando a ultrapassar os 4 minutos seguidos. É um abuso. E a resposta ser envida por um “gabinete de satisfação do cliente” é anedótico. 

Já fiz a minha reclamação no livro de reclamações online, já recebi a resposta que já aqui foi transcrita do gabinete da (in) satisfação do cliente. Porque entendo ser uma alteração contratual abusiva só me resta enquanto cliente tratar da rescisão. E não mudar de operador pois parece ser uma tendência transversal. Na minha casa só entram os conteúdos por mim decididos. Não existir a opção de não querer publicidade é claramente intrusivo.

Crachá

Bom dia,

Nesta situação há uma clara violação dos direitos dos consumidores, só há a hipótese de aceitar para continuar a ter acesso a funcionalidade de gravações automáticas que estamos a pagar.

Temos de ver que as operadores já tem imensas informações sobre nós pelo que neste caso ainda terão mais informação sobre nós, o que futuramente vão começar a manipular os nossos interesses e gostos. 

Já fiz reclamação:

No livro de reclamações digital, que se encontra no sitio do MEO.

No sitio CNPD, (Comissão Nacional de Protecção de Dados)

No serviço de defesa do consumidor.

Comité Europeu de Proteção de Dados

 

Vou aguardar serenamente por uma resposta.

Mais informações:

https://www.jm-madeira.pt/nacional/ver/102350/Deco_aconselha_consumidores_a_reclamarem_de_insercao_de_anuncios_nas_gravacoes_automaticas

Crachá

Bom dia

Além de reclamar junto da Meo, também já reclamei na Deco. Vou acrescentar à lista a CNPD. Obrigado

 

Crachá

Alguém sabe de algum canal sem ser aqui no forum meo, em que as pessoas estejam a partilhar as suas experiências de reclamação? Facebook por exemplo?

Reputação 7
Crachá +20

boas

 

o que não faltam são canais para partilhar experiências das reclamações...

Crachá +6

Para quem quiser avançar, relembro links de interesse:

DECO - Reclamar

Livro de reclamações online

Formulário de dúvidas/participações da Comissão Nacional de Proteção de Dados

AdC - Portal de denúncias

Espero que ajude.

A própria Deco já divulgou que o acrescentar publicidade nas gravações automáticas não constitui motivo para cancelamento de contrato com justa causa.

 

as gravações automáticas apesar de ser um argumento comercial, não consta do contrato a obrigatoriedade de fornecimento deste serviço. Até porque depende exclusivamente dos canais distribuídos. Eles é que decidem se querem disponibilizar o serviço ou não e em que condições.

Responder