Meo músic vai acabar!



Mostrar a primeira mensagem

46 respostas

Acho que e indecente o a Altice vai fazer. É um desrespeito com todos os clientes meo. Para piorar a situação fazem uma oferta ridícula aos utilizadores. Ou oferecem 3 meses de um serviço semelhante ao Meomusic em que vais pagar os dados dessa utilização e ao final dos três meses ficas a pagar tudo( dados e aplicação).

Ou te oferecem os dados por doze meses e tu tens pagar um serviço de streaming de música. Na minha opinião estam a reduzir os pacotes que contratamos. Só vejo uma solução,temos que fazer reclamações nas lojas MEO , no apoio a clientes deles,no site da ANACOM, no portal do consumidor. Peço todos que registem o maior numero de reclamações possíveis.

 

Hugo Silva
Reputação 1
Caro Helder


Embora apareça o Meo Music como oferta??? o mesmo e contabilizado para o valor da fidelização e, como tal esta a ser pago pelo consumidor em periodo de fidelização.


Se analisares o tratamento dos contratos sem fidelização o preço e refletido no preço final


Oferta não significa BURLA


 
Amigo Ocarvalho. Desconhecia... Assim sendo temos algo a fazer!

 

Obrigado
Fiz esta reclamação que está em anexo,a resposta foi a seguinte:

Exmo. Senhor Hugo Silva

 

Relativamente à reclamação apresentada por V.Exa, gostaríamos de esclarecer o seguinte:

 

 A partir de dia 1 de março de 2018, o serviço MEO Music será descontinuado, deixando de estar disponível na oferta de serviços do MEO, tendo essa situação sido comunicada com a antecedência prevista nos termos e condições do serviço.

 Conforme comunicado pela MEO, os clientes do serviço MEO Music dispõem de um conjunto de ofertas de substituição, para que possam aceder a conteúdos de música e muito mais, e que poderá consultar em https://www.meo.pt/servico-musica

 

Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16206 e na Área de Cliente em ptempresas.pt.

 

Com os melhores cumprimentos.

Cristina Torres

Gabinete de Satisfação do Cliente.

Pareceu me nao leram tudo ate ao final.

Resposta curta.

Só responderam ao que lhes interessa.

Cumprimentos

Hugo Silva

 
Acho de facto vergonhoso que a ALTICE não ofereça uma solução alternativa legitima e séria ao serviço do MEOMUSIC que era um serviço incrivel e o motivo pelo qual tenho permanecido na MEO ao longo dos anos. Na minha opinião as pseudo-ofertas que sugerem são areia para os olhos dos clientes. A DECO já se pronunciou pela ilegalidade e má fé da ALTICE e denunciou o caso à ANACOM pois o operador não cumpriu o prazo estabelecido por lei para notificar os clientes, as alternativas prejudicam os clientes e alegam que no caso de rescisão vão cobrar as penalizazões por incumprimento do contrato. É importante que o maior numero de pessoas reclamem e não aceitem esta indecência!
Reputação 2
Portanto, pela resposta da Meo, um dia destes lembram-se de mudar o pacote de dados móveis ou o plafond de minutos grátis ou o pacote de tv e nunca é razão para o cliente poder cancelar o contrato. Fiz 3 reclamações em sitios diferentes. Até ao momento... silêncio. Aguardemos.
VERGONHOSO
Reputação 1
http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2018-03-01-Deco-quer-clientes-do-Meo-Music-a-rescindir-contrato-sem-penalizacao


 


01.03.2018 14h54


A Deco acusou hoje a Altice de desrespeitar a lei ao não avisar atempadamente sobre a descontinuação do serviço Meo Music, esclarecendo que os lesados podem rescindir sem penalizações e que denunciou o caso ao regulador Anacom. "A Altice está a desrespeitar lei. Os consumidores lesados devem pedir a rescisão do contrato", afirma a associação Deco, de defesa dos direitos dos consumidores, numa nota publicada na revista Proteste e intitulada "Fim do Meo Music: clientes devem rescindir contrato sem penalização".



Vários consumidores clientes da Meo contactaram nos últimos dias a associação dando conta de terem recebido uma comunicação da operadora a informar que o Meo Music ia ser substituído por outras ofertas de 'streaming'.



"Primeiro, a empresa informou que o serviço seria descontinuado a 28 de fevereiro. Depois, alterou a data para 1 de março. Porém, sabemos que a 23 de fevereiro alguns utilizadores já não tinham acesso ao Meo Music", afirma a associação.



A Deco diz ainda que, aos clientes que pedem para cancelar o contrato do tarifário por deixarem de ter o Meo Music, "a Altice está a responder" que, se estiverem no período de fidelização, "será emitida e cobrada a fatura por incumprimento contratual".



A associação acrescenta que a Altice alega que "a descontinuação do serviço" foi "comunicada atempadamente" e que está a disponibilizar "um conjunto de ofertas de substituição" para que [Notes:os clientes] possam continuar a aceder a conteúdos de música.



"Discordamos destes argumentos. O pré-aviso não foi respeitado. As ofertas de substituição são menos vantajosas do que o Meo Music. E, apesar disso, a empresa não permite rescindir o contrato sem custos, caso o cliente esteja no período de fidelização", denuncia a Deco.



O caso já foi denunciado pela associação à Anacom, que pede a esta autoridade reguladora do setor das telecomunicações que obrigue a Altice a enviar uma nova comunicação aos clientes, informando-os da possibilidade de rescindirem os contratos sem encargos, caso discordem das alterações unilaterais que surgem com o fim do Meo Music.



"Exigimos ainda que a empresa seja penalizada por não cumprir a Lei das Comunicações Eletrónicas", acrescenta a Deco.
O Meo Music, serviço de 'streaming' (transmissão contínua) de música português, foi lançado no final de 2010 pela Portugal Telecom, permitindo aos clientes da Meo o acesso a músicas.
Jornal Expresso

 

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-03-01-Deco-quer-clientes-do-Meo-Music-a-rescindir-contrato-sem-penalizacao
Reputação 1
Caro Helder 


Analisa as faturas aprarece o valor da Meo Music debitado e creditado em periodo de fidelizaçao


Apos esse periodo e da responsabilidade do cliente a sua anulaçao


escreveu:

Amigo Ocarvalho. Desconhecia... Assim sendo temos algo a fazer!


 


Obrigado



 
Pior ainda.

A linha 16200 não consegue informar do valor de incumprimento,da  um valor aproximado é não pode enviar essa informação por escrito.

ISTO É VERGONHOSO....
Reputação 2
Recebi hoje a resposta à reclamação. A Resposta é igual às já publicadas aqui no forum. A Meo faz o que quer. Daqui para a frente podemos contar com tudo desta empresa. A seguir ainda se lembram de mudar o pacote de dados ou o plafond de minutos. E mesmo assim ninguem pode cancelar os contratos de serviço. Mais ainda, a Deco reconhece a nossa razão como clientes e mesmo assim a Meo faz ouvidos moucos. Não podemos tolerar estas atitudes prepotentes em relação aos clientes. Um coisa é certa, quando acabar a minha fidelização, mudo de serviço, se não o puder fazer antes. 
Bom dia


Esta descontinuação do Meomusic foi uma jogada de mestre, paço a explicar:


Oferecem 3 meses de um serviço similar com mais uns extras em pacotes de dados. Ao final de 3 meses ou ficas a pagar o serviço de streaming ou então perdes as ofertas todas...


Conclusão:


Tinham um serviço bom que ofereciam a todos os clientes, que aparecia da factura mas não fazia parte contrato,e apartir daqui se queres ter streaming de música no telemóvel pagas. Daqui a 12 meses pagas mais um pouquinho para os dados streaming. Os clientes ficam sempre a ganhar com o Meio/Altice. Quando pode rechindir logo vos conto.
Reputação 1

Fim do MEO Music: clientes podem rescindir contrato sem penalização












A forma como foi anunciado o fim do MEO Music desrespeita a lei. Exigimos a possibilidade de os lesados rescindirem o contrato sem penalizações. Já denunciámos o caso à ANACOM.




01 março 2018



Thinkstock







Vários consumidores contactaram-nos por causa da comunicação da MEO, a informar que o MEO Music será substituído por outras ofertas de streaming. Primeiro, a empresa informou que o serviço seria descontinuado a 28 de fevereiro. Depois, alterou a data para 1 de março. Porém, sabemos que a 23 de fevereiro alguns utilizadores já não tinham acesso ao MEO Music.


Aos clientes que pedem para cancelar o contrato do tarifário por deixarem de ter o MEO Music, a Altice está a responder que, se estiverem no período de fidelização, "será emitida e cobrada a fatura por incumprimento contratual". A empresa alega que "a descontinuação do serviço" foi "comunicada atempadamente" e que está a disponibilizar "um conjunto de ofertas de substituição para que [os clientes] possam continuar a aceder a conteúdos de música".


Discordamos destes argumentos. O pré-aviso não foi respeitado. As ofertas de substituição são menos vantajosas do que o MEO Music. E, apesar disso, a empresa não permite rescindir o contrato sem custos, caso o cliente esteja no período de fidelização.


A Altice está a desrespeitar lei. Os consumidores lesados devem pedir a rescisão do contrato. Se forem confrontados com penalizações, podem pedir ajuda aos nossos serviços.


Já denunciámos o caso à ANACOM. A entidade reguladora do setor das telecomunicações deve obrigar a Altice a enviar uma nova comunicação aos clientes, informando-os da possibilidade de rescindirem os contratos sem encargos, caso discordem das alterações unilaterais que surgem com o fim do MEO Music. Exigimos ainda que a empresa seja penalizada por não cumprir a Lei das Comunicações Eletrónicas. 


Se vai rescindir o contrato, procure tarifários mais vantajosos no nosso simulador.


COMPARAR TARIFÁRIOS


Esmiuçamos os incumprimentos à lei


Segundo a Lei das Comunicações Eletrónicas, as alterações unilaterais aos serviços devem ser comunicadas com 30 dias de antecedência, com indicação de que o cliente pode rescindir o contrato sem encargos, caso não aceite as novas condições. Essa comunicação só é dispensável se as alterações ao contrato apresentarem mais vantagens face às condições anteriores.


Mas, no caso do MEO Music, o pré-aviso de 30 dias não foi cumprido, pelo menos para todos os consumidores. Uma das mensagens a que tivemos acesso, por exemplo, foi enviada a 9 de fevereiro, informando que o serviço seria descontinuado no final do mês. A mensagem não apresentava as novas ofertas, remetendo esse anúncio para 26 de fevereiro. Também não referia a possibilidade de o cliente rescindir o contrato sem penalização, se discordasse das opções dadas pela empresa.


As alternativas propostas são outro problema, pois são menos vantajosas do que o MEO Music. Nenhuma garante o acesso gratuito ao streaming de música até ao fim do contrato, como acontecia com o MEO Music. Algumas informações são mesmo insuficientes. É o caso dos custos do MEO Smart Net Music após os 12 meses.


Estas são as novas ofertas:


  • acesso gratuito ao Deezer Premium durante 3 meses; após esse período, o serviço tem um custo de 5,99 euros;
  • oferta do MEO Smart Net Music ou MEO Go Mobile Total por 12 meses. Depois, o MEO Smart Mobile custa 4,99 euros. Trata-se de um preço promocional, pois o valor normal do serviço é € 6,99, embora essa informação não seja referida na comunicação da Altice. Quanto ao MEO Go Mobile Total, após os 12 meses de oferta, o custo passa para € 7,99 por mês.
Não nos podemos esquecer de que a oferta do MEO Music foi um fator decisivo para muitos consumidores contratarem tarifários móveis ou conjuntos 4P da MEO/Altice, em detrimento de outras operadoras. Ao perderem o serviço, o interesse nesses tarifários pode deixar de ser o mesmo.


Compare tarifários e descubra as alternativas


Outras operadoras oferecem o acesso a serviços de streaming de música, mas não são equivalentes ao MEO Music. Por exemplo, o plano Yorn, da Vodafone, disponibiliza o Apple Musicpor 3 meses apenas. Quem tem 2 cartões Unlimited poderia optar pelo Vodafone Plus, um pós-pago com 24 meses de fidelização que inclui 3 GB + 20 GB num conjunto específico de apps por cerca de € 17,40 por cada cartão, já que o segundo é mais barato. Porém, seriam mais 24 meses de fidelização e o tarifário não inclui as versões premium das apps de música. Ou seja, não pode usar funções como ouvir música offline. E terá de ouvir intervalos com publicidade.


No entanto, a ANACOM deu 40 dias para os operadores alterarem as regras dos tarifários que promovem um tratamento de tráfego diferenciado para alguns conjuntos de apps. Na prática, poderão ser apenas 10 dias, já que os clientes que subscreveram o serviço terão de ser avisados com 30 dias de antecedência, caso as alterações não sejam objetivamente benéficas para o consumidor.


Outra opção é o Lycamobile M, um pré-pago com 3 GB por 15 euros. Porém, também aqui terá de pagar as versões premium para usar todas as funcionalidades das apps. Compare os vários tarifários no nosso simulador.




 

Imprimir Enviar por e-mail

escreveu:

Recebi hoje a resposta à reclamação. A Resposta é igual às já publicadas aqui no forum. A Meo faz o que quer. Daqui para a frente podemos contar com tudo desta empresa. A seguir ainda se lembram de mudar o pacote de dados ou o plafond de minutos. E mesmo assim ninguem pode cancelar os contratos de serviço. Mais ainda, a Deco reconhece a nossa razão como clientes e mesmo assim a Meo faz ouvidos moucos. Não podemos tolerar estas atitudes prepotentes em relação aos clientes. Um coisa é certa, quando acabar a minha fidelização, mudo de serviço, se não o puder fazer antes. 



escreveu:

Recebi hoje a resposta à reclamação. A Resposta é igual às já publicadas aqui no forum. A Meo faz o que quer. Daqui para a frente podemos contar com tudo desta empresa. A seguir ainda se lembram de mudar o pacote de dados ou o plafond de minutos. E mesmo assim ninguem pode cancelar os contratos de serviço. Mais ainda, a Deco reconhece a nossa razão como clientes e mesmo assim a Meo faz ouvidos moucos. Não podemos tolerar estas atitudes prepotentes em relação aos clientes. Um coisa é certa, quando acabar a minha fidelização, mudo de serviço, se não o puder fazer antes. 


Concordo! Desde que isto mudou de mãos é só novidades...para pior! Sou cliente destes senhores desde o início, mas estou a pensar seriamente mudar. Se havia uma app que me fazia ficar era esta. Lá se foram as playlists todas! 

Acho que chegou a hora de mudar para a mesma operadora da empresa...a Vodafone! Farta destes tipos! 
As reclamacrec pouco servem ,tive várias reclamações por não ter servico durante 20 dias ,na altura do Natal ,uma delas foi para cancelar a renovação do contrato , após 2 dias de ter aceite ,e de nada me valeu ,tenho que aturar com eles até ao fim.


Até para o provedor do cliente enviei a reclamação e a rspsusta deles e que tinha que cumprir o contrato pois como era renocavao não tinha direito ao 14 dias que a lei diz para contatos .


Estou a espera da.decisao  da ANACOM para desistir da aAltice.
Altice=a chatice

Também eu lamento que o Meo Music tenha deixado de existir. As ditas «alternativas» são sempre a perder. O Deezer premium por 3 meses nem vale a pena fazer o registo por tão pouco tempo. O Spotify que realmente podia ser uma boa alternativa, não é o PREMIUM e isso sim seria uma oferta. A alternativa que falam de 12 meses de Spotify é uma falácia e porquê? Porque o Spotify com música aleatória e com publicidade no meio das músicas já é GRATUITO para todos, seja cliente Meo/Altice ou não. O que interessava de facto era o Spotify PREMIUM, esse sim sem publicidade e pago por qualquer cidadão comum. Estou quase certo que as outras ditas «alternativas» não são ofertas, são sim mais do mesmo que referi. O Meo/Altice faz um jogo de palavras, retira e chama descontinuado, não oferece nada e chama alternativa. A única oferta que vejo de facto por 12 meses (e nada tem a ver com música) é mais 2 GB de dados móveis. No meu caso pessoal nada me acrescenta porque eu já disponha de 3GB por mês e só consumia metade desse limite. Liguei para o «apoio» ao cliente (chamada de valor acrescentado) e meteram a cassete com a conversa «chapa 5». Confrontados com tudo o referi atrás e depois de muita repetição da minha parte, disseram:   «isso já não sei...nós não temos informação de como funciona cada umas das aplicações seja Spotify ou Deezer, que nada têm a ver com o Meo/Altice». Essa resposta significa que o Meo/Altice não têm qualquer parceria com estas bibliotecas de música. Conclusão, o Meo/Altice não tem substituto para o Meo Music, foi retirado (chamam descontinuado) esse direito ou mais valia para o cliente e não existe qualquer oferta ou alternativa. As alternativas que Meo/Altice fala, são mais sugestões que estão ao alcance de qualquer um, a isto é chamada «mão cheia de nada». 
A meo é mesmo um vergonha. Fiz uma reclamação em que pedia para ser informado sobre o tempo mínimo para ser informado sobre esta alteração é não tive nenhuma resposta , mandaram me um pouco de areia para os olhos. No meu caso so passaram 17 dias desde que fui informado por SMS ate ao desligar do serviço,eles dizem que respeitaram com os prazos.


Tenho dúvida disso .... Acho que estamos todos a ser enrolados . A MEO não é uma empresa Seria.existem outras operadoras no mercado. 
Qual é a oferta !!!!

??????
Continuar a reclamar pedindo acesso a contas premium para as alternativas dadas agora de borla.


 


Só isso é alternativa e mesmo isso é uma grande perda de música portuguesa.
É uma vergonha o que a MEO está a fazer, oferecem a troca de um serviço coisas que nem fazem nexo nenhum! Vou continuar a reclamar para ANACOM / DECO / vossa provedoria enquanto for fidelizado! NUNCA MAIS !  NUNCA MAIS ME ENGANAM! cada vez mais são um serviço mediocre triste!

Responder