Há mais Benfica no MEO Kanal

  • 18 Julho 2012
  • 0 respostas
  • 632 visualizações

Reputação 1
  • Estagiário Sénior
  • 47 respostas
http://imgs.sapo.pt/sapotv/content/img/46134262018146_meo_kanal_225.jpg

Alguns dos programas transmitidos pela Benfica TV têm presença no MEO Kanal

"Cine Benfica" (nº 677222), "A Câmara do Gui" (nº 655666) e "Os Momentos Mais Incríveis do Desporto, Mas Não Necessariamente os Melhores" (nº 577449) são três programas emitidos pela Benfica TV e que têm um canal próprio e dedicado no MEO Kanal.

"Trata-se de uma extensão do programa que temos na Benfica TV", explica ao SAPO TV o músico Axel, apresentador do «Cine Benfica».

O programa tem ainda presença no SAPO Vídeos, numa "lógica de multiplataforma", com o objetivo de "melhor chegar aos fãs".

«Cine Benfica» é gravado nas salas Cinema City, em Lisboa, e, durante 25 minutos, dá conta da atualidade cinematográfica, antestreias, entrevistas e lançamentos no mercado do cinema em casa.

Para além de se poder ver os programas transmitidos pela Benfica TV, no MEO Kanal "os assinantes podem assistir ao ‘making of', ver imagens de bastidores e de tudo o que se passa à volta do programa e, por vezes, são feitos alguns miminhos, como colocar o programa antes mesmo de ser exibido pela Benfica TV", adianta Axel.

"Cine Benfica" é produzido pela Nucafé - Produtora de Som e Imagem, a mesma de «Os Momentos Mais Incríveis do Desporto, Mas Não Necessariamente os Melhores».

Já "A Câmara do Gui", uma rubrica incluída no programa «Canela Até ao Pescoço», é da autoria de Guilherme Cabral e com reportagem de Madjaica e Frederica Lopes. Gravado em todos os jogos do Sport Lisboa e Benfica jogados na Luz, os adeptos desempenham o papel principal.

A ideia de criar um canal no MEO Kanal foi até uma sugestão da Benfica TV. «Apesar de ser um programa feito pelos três, o conteúdo acaba por ser do Benfica e não o podemos colocar no Facebook e na Internet, porque é necessário existir uma plataforma dedicada e tal não é possível», explica ao SAPO TV Guilherme Cabral.

Acrescenta ainda que há "vantagens" em relação ao Youtube, nomeadamente no que diz respeito ao "controlo das visualizações", "criação de playlists" e na questão dos direitos autorais das músicas incluídas na rubrica.

O canal tem sido bem aceite, estando "numa linha simpática de visualizações". "Lançámo-lo no final da época passada e, mesmo sem apresentação oficial, são registadas, em média, 400 visualizações diárias", conta Guilherme Cabral.
@@@daniel Pinto Lopes

Fonte: Sapo TV

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder