cobrança de divida e retencao de valores indevidos

  • 2 September 2022
  • 2 respostas
  • 40 visualizações

Quero expor a minha experiência 

O que se passou comigo é para além de inexplicável. É vergonhoso.

 

No passado mês propus á MEO a compra se um equipamento as prestações. Esse pedido foi aprovado e foi providenciado a entidade/referência para pagar o valor inicial. 261€. Dias passaram-se e não recebia o telemóvel. Entre chamadas diziam que estava a caminho, mas na área de cliente nao aparecia nada.

Passado vários dias numa chamada informaram me que esta compra tinha sido bloqueada por uma dívida de cerca de 50€. Dívida essa que não aparecia em sistema, que não existe. 

Pedi para me devolverem o dinheiro e avisaram me logo que isso demorava! Pedi para me dizerem de onde vem está dívida e prometeram me: "no prazo de 4 dias entraremos em contato consigo para esclarecer". Seria bom, se isso não tivesse sido no passado dia 19 do mês passado. 

Por fim recebo uma chamada ontem dia 1: "já obtivemos autorização para devolver o dinheiro que cobramos indevidamente. Mas só no próximo dia 7..." Nem consigo entender a insania que isto é! Cometem um erro.  Ficam me com o meu dinheiro, e demoram quase 1 mês para o devolver.

Mas isto não acaba aqui!  Lógico que quero saber de onde vem esse valor que me causou este transtorno. Mas não sei. Não me respondem. "Está para análise..." Dizem no apoio ao cliente " podemos abrir aqui um pedido de esclarecimento com urgência mas demorará pelo menos 10 dias para responder" 

Pedi para cancelar o contrato porque sinto me envergonhado, maltratado com isto. 

Avisaram me logo que iria pagar o valor do contrato até ao fim da fidelização porque não quebraram nenhuma cláusula do fornecimento do serviço. 

Inventam dívidas, recusam se a ajudar, ficam com o meu dinheiro durante quase um mês! Mas mesmo assim eu é que estou em quebra de contrato.

 

Tenho pena de ver esta empresa chegar ao ponto que chegou hoje em dia. Para todos os clientes lembrem se, nós somos apenas um número para eles. Não valemos mais do que o total do contrato que está fidelizado com eles. 

Tenho pena, juro que tenho. Para evitar chatear me mais irei manter o contrato até ao fim. Mas nao passará daí. 

 

Com isto, na atualidade, 

NeoPayne 4 meses atrás

boas

 

as dividas com alguns anos não aparecem no sistema que todos acedem, mas se o sistema diz que há dividas é porque o contribuinte em alguma altura tenho algum contrato associado e ficou com uma divida...o sistema detecta essa divida e bloqueia seja o que for...provavelmente só se iria descobrir caso fosse feito um contrato novo de raiz...

Ver original

2 respostas

Reputação 7
Crachá +23

boas

 

as dividas com alguns anos não aparecem no sistema que todos acedem, mas se o sistema diz que há dividas é porque o contribuinte em alguma altura tenho algum contrato associado e ficou com uma divida...o sistema detecta essa divida e bloqueia seja o que for...provavelmente só se iria descobrir caso fosse feito um contrato novo de raiz...

não  tenho divida nenhuma. já o ano passado apareceram copias de faturas com supostas dividas de valor muito mais elevado, que a meo por escrito me confirmou que não era deles. 

ainda este ano ofereci um telemóvel ao meu filho que o adquiri na meo na modalidade de prestações e não impediram a venda. ou seja tem que ser uma “divida” deste ano.

 

mesmo que exista uma divida não se justifica reterem o dinheiro que cobraram indevidamente.

Responder