Novo aumento de preços 01/11/2016

  • 30 Setembro 2016
  • 111 respostas
  • 9538 visualizações


Mostrar a primeira mensagem

111 respostas

Reputação 3
Boas,


Não queria ofender, nem tinha percebido que era um cliente empresarial.


No entanto chega a enervar o facto das pessoas reclamarem com o MEO, obterem uma resposta automática esfarrapada e aceitam isso.


Já foi dito montes de vezes que a unica maneira de resolver, é através de um centro de arbitragem mas parece que não ligam.


Pois realmente quanto à sua situação, parece que vai mesmo ter que gastar dinheiro.


No entanto pode pedir esse dinheiro como prejuizo.


Cumps.
Aconteceu o mesmo comigo e estou indignado!! Uma vergonha... sou responsável por 4 contratos ( o meu e 3 familiares) , um deles empresarial, da empresa da minha mulher. Logo que puder vou mudar de operadora em todos eles. Foi a gota de agua ? uma vergonha. Tive de esperar um mês para mudarem a portabilidade do meu numero à um ano atrás, já me cortaram serviço sem avisar , quando instalaram o serviço deixaram equipamento em casa e tive de ir devolver a loja, nem sabiam da existencia do mesmo. Omitem informação e nao esclarecem devidamente quando vamos as lojas, cada um diz a sua coisa, ja andaram a enganar os clientes a 3 anos com aumentos dos alugueres das boxs E agora aumentam sem informarem devidamente e logo 3€ de aumento!! Mudar de serviço e dar dicas a todos os consumidores e conhecidos da forma como esta empresa tenta cobrar mais dinheiro aos seus clientes e de uma estrategia de distância e desinteresse pela satisfação dos mesmos. É a caça as fidelizações e o vale tudo para cobrar mais dinheiro indevidamente aos clientes.
( Copy Past de outro cliente ) do qual subscrevo

 

Boa tarde, venho por este meio apresentar uma reclamação, que se não for aceite pretendo a livre resolução do contrato por justa causa,devido ao aumento de preço, ao qual eu não concordo, visto ter feito contrato convosco em Março de 2016, com fidelização de 24 meses com o preço fixo, sem qualquer aumento, apenas se aumentasse o Iva, claro que não foi o caso. Portanto peço que me retirem qualquer aumento, visto ter sido o acordado na altura que foi feito o contrato, o preço mantém se durante os 24 meses e paga os 64.99€ fixos.Se não concordarem, pretendo a livre resolução do contrato sem qualquer penalização para o cliente. Obrigado

 
"A 01-11-2016 entram em vigor novos preços e condições. Saiba mais a partir de 01-10-2016 em meo.pt ou pelo 16 200."

 

Recebi esta informação em 25-Agosto-2016

Espertos...Livro de reclamações...

Hei-de reclamar até não darem vazão ás reclamações...Aumento de 3.50 € numa fatura de 65€....
Boa noite,

 

Fui cliente da Vodafone, serviço ADSL durante 7 anos, e nunca me aumentaram o preço.

Como a minha área de residência tem fibra partilhada da PT, nunca pude mudar para a Vodafone Fibra, logo tive de instalar a MEO.

Em duas semanas reclamei mais com a MEO que em 7 anos de Vodafone.

Agora, passados seis meses, aumentam o preço em 2 euros, sem qualquer explicação válida, sem indice de preços ao consumidor, sem inflacção, sem aumento do IVA, sem taxa euribor... chamam-lhe "actualização comercial".

Quando passarem os dois anos de fidelização acabo com este roubo, e se me vierem vendedores da MEO tocar á campainha... corro-os à vassourada!

 

Boa noite a todos os clientes assaltados

J Oliveira
Resposta às minhas reclamaçôes

 

   No seguimento da sua comunicação, informamos que em 12/12/2016 foi enviada carta com resposta relativamente à exposição efetuada em 05/12/2016.
 
De referir que, na fatura -----------de setembro de 2016 foi informado que "A 01-11-2016 entram em vigor novos preços e condições. Saiba mais a partir de 01-10-2016 em meo.pt ou pelo 16 200."
 
De acordo com CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MEO, no ponto 19, está salvaguardada a alteração de preços e condições desde que o cliente seja notificado, com a antecedência mínima de 1 (um) mês sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais.
 
Mais informamos que, caso delas discordasse, o cliente dispunha de um prazo de 15 (quinze) dias após a MEO disponibilizar as novas condições para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada, o que não se verificou no caso em análise.
 
Esperamos ter prestado os devidos esclarecimentos, continuando ao dispor para qualquer informação adicional. 


Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 200 e na Área de Cliente em meo.pt.
Reputação 1
Isso estaria tudo muito bem desde que tivessem feito uma notificação de acordo com a Lei.

 

Mas como a "notificação" não foi feita de forma adequada e portanto não segue a Lei Portuguesa (ver info abaixo) , a notificação é ILEGAL e portanto não é válida. De outro ponto de vista, é como se a notificação não exista.

Ora se a notificação é ilegal, inválida ou não existente, têm de devolver o dinheiro cobrado a mais.

 

Nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 48.º da LCE, sempre que a empresa proceda a uma alteração das condições contratuais referidas deve notificar os assinantes da proposta de alteração, por forma adequada, com uma antecedência mínima de um mês, devendo simultaneamente informar os assinantes do seu direito de rescindir o contrato sem qualquer penalidade no caso de não aceitação das novas condições, no prazo fixado contratualmente.

 

Deixo link para a página da ANACOM com esta informação:

http://www.anacom.pt/render.jsp?categoryId=151646#.WFBEBn1K6_o
No seguimento da sua resposta formatada tenho a dizer o seguinte:

- Os senhores tomam os clientes por parvos

- Os senhores incentivam os clientes a aderir ao débito directo

- Os senhores enviam informações nas facturas, sabendo que os clientes não consultam as mesmas, desde que o valor acordado se mantenha

- Os senhores fornecem prazos de reclamação inferiores ao prazo em que é debitada a primeira factura de valor acrescentado

- Os senhores agem de má fé

-Os senhores não são dignos da confiança dos vossos clientes

Posto isto solicito que cancelem o débito directo na minha conta e que passem a enviar a factura para a minha morada, com entidade, referência e montante, de forma a que eu consulte as vossas informações.

Solicito igualmente que o meu contrato seja cancelado no dia imediatamente a seguir ao término do período de fidelização.

 

Melhores cumprimentos

 

J Oliveira

Neca1 escreveu:
Resposta às minhas reclamaçôes

 

   No seguimento da sua comunicação, informamos que em 12/12/2016 foi enviada carta com resposta relativamente à exposição efetuada em 05/12/2016.
 
De referir que, na fatura -----------de setembro de 2016 foi informado que "A 01-11-2016 entram em vigor novos preços e condições. Saiba mais a partir de 01-10-2016 em meo.pt ou pelo 16 200."
 
De acordo com CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MEO, no ponto 19, está salvaguardada a alteração de preços e condições desde que o cliente seja notificado, com a antecedência mínima de 1 (um) mês sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais.
 
Mais informamos que, caso delas discordasse, o cliente dispunha de um prazo de 15 (quinze) dias após a MEO disponibilizar as novas condições para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada, o que não se verificou no caso em análise.
 
Esperamos ter prestado os devidos esclarecimentos, continuando ao dispor para qualquer informação adicional. 


Para mais informações, estamos sempre disponíveis pelo 16 200 e na Área de Cliente em meo.pt.

 
"De acordo com CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MEO, no ponto 19, está salvaguardada a alteração de preços e condições desde que o cliente seja notificado, com a antecedência mínima de 1 (um) mês sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais."

 

A alteração de preço foi para aumentar o diminuir ou manter? Como estou na dúvida e não foi esclarecedor na informção, que muito bem veio antecipadamente, no mês de Agosto (Que é um mês que estou preocupadissímo em ler as faturas (Espertos)), solicito que seja cancelado o meu contrato, pois após ter recebeido a fatura, pedi para cancelarem, antes que fizesse os quinze dias...

A MEO agui de má fé e irei escrever NOVAMENTE no livro de reclamações.

 
Jornal Economico de 16/12/2016

"Nas telecomunicações, a Meo disse à Lusa que “houve uma atualização dos preços em novembro deste ano, em média de 2,5%, antecipando as atualizações que tipicamente eram feitas no início de cada ano”.

 

Mentira no meu caso foi um aumento de 6%

 

"Já a NOS afirmou que não há aumentos previstos e, na mesma linha, fonte oficial da Vodafone Portugal disse que “não está previsto” que a operadora “faça um aumento generalizado de preços, como chegou a acontecer no passado, em que os preços eram atualizados no início do ano”.

A mim informaram-me que a NOS e a VODAFONE iriam preceder a aumentos, pelos vistos não.

 

"O responsável explicou que “os motivos que levam a este aumento são o facto [de a operadora] querer manter a qualidade dos serviços que disponibiliza aos seus clientes, mas também para respeitar o acordo de partilha de direitos televisivos do futebol, celebrado em julho, com outras operadoras”.

Partilha de direitos Televisivos do futebol? E sabem se eu gosto de Futebol?

 
Partilho aqui também a minha indignação. Fiz um contrato a 27/09/2016 e já neste mês tive aumento de 1€ sem qualquer notificação e contra o que diz no site da MEO que informa que a atualização de preços é apenas para contratos até 01/09/2016


 


Não é pelo valor mas pelos principios que irei levar este tema até onde conseguir, em última instância em cancelar o contrato.
Ó NeoPayne  (moderador), vai mas é dormir. O cliente tem que ser bruxo e adivinhar quais as alterações que a meo pretende fazer?


MAIS UMA VEZ  REPITO E EM LETRA GRANDE, A MEO NÃO INFORMOU QUE A MINHA FATURA IRIA TER UM AGRAVAMENTO DE 2€, NEM TÃO POUCO PERGUNTOU SE EU ESTARIA OU NÃO DE ACORDO COM ESSE AUMENTO.
Pelo que verifico no forum o aumento foi de 2€ e esse mesmo aumento foi no geral. Sendo assim alguem me pode explicar o porque de eu ter tido um aumento na minha fatura de 5,16€???
O aumento de 2€ foi no pacote, mas cada telemovel a mais aumentou 1, 90€
Se o pacote aumentou 2 e cada telemovel adicional 1,9 entao o aumento deveria ser de 3,9 e nao 5,16. Ate porque so tenho um numero adicional ao pacote subscrito! O que verifico na minha fatura é que a mensalidade aumentou 5,16 e o telemovel adicional mais 1,75. Sendo assim  irei pagar mais 6,91 de aumento, corrigindo o que anteriormente disse.
voce e uns milhares 

 

sao uns ladroes 
Boa tarde,


 


Reclamei no livro de reclamações várias vezes, até voltarem ao valor antigo.


A lei diz que o cliente deve ser informado DEVIDAMENTE, ora como a meo disse ".. no mês X irá haver alterações de tarifários..."  isto não é ser informado devidamente, porque a alteração podia ser uma redução no valor, um aumento ou alteração aos produtos no pacote e mantinham o valor. Com isto o cliente não foi devidamente informado das alterações de tarifários.


Reclamem no LIVRO de RECLAMAÇÕES e aqui também....


A meo agiu de má fé, é como começa a minha reclamação....


Boas festas e vamos pagar todos o anúncio do Ronaldo...
PS: 


Agora dizem que o valor da prestação mantém-se, mas com um aumento de 0.50€ na Box...


Livro de reclammações se prepare que vou-lhe usar...Novamente....


A MEO agiu de má fé.....
Boas,


 


Quero deixar aqui a minha experiência relativamente a este assunto.


 


Como a maioria que aqui escreve fui surpreendido com o aumento dos preços em Novembro, no meu caso pacote M5O com 3 Cartões aumentou de 72 Euros para 76.75 Euros. Fiquei obviamente revoltado, tinha renovado a fidelização 6 meses antes e tenho em minha posse um folheto que especifica claramente 72 Euros de custo até ao 24º mês.


 


Fiz exposições ao MEO, ANACOM, DECO, Portal da Queixa e Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa.


 


A MEO respondeu laconicamente, por telefone e por carta que o aumento era legal. ANACOM e DECO até hoje nada. 


Mas do Centro de Arbitragem obtive o feedback abaixo:


 


Exmo. Senhor


Na sequência da reclamação apresentada em que é reclamada a "MEO, SA", cumpre informar que a empresa aceitou proceder ao crédito do valor de €5,25, correspondente à diferença das mensalidades debitadas nas facturas de Nov. e Dez/2016 e para as facturas subsequentes no montante de €5,25 c/ IVA / Mês, que serão reflectidas na facturação até final da fidelização que termina a 17/05/2018 para o serviço em causa.


Face à resolução consensual do conflito, informamos que o processo será arquivado.


Com os melhores cumprimentos,


 


Ou seja, a MEO sabe perfeitamente que está a agir fora da lei, mas como provavelmente reclamam 20 em cada 1000 e desses 20 só 2 vão até ao fim o crime compensa e bem. O trágico é mesmo a ANACOM que é um regulador completamente comprometido com o sistema e que não faz nem quer fazer nada. Este tipo de práticas só seria evitado com processos e multas claras por parte do regulador!


 


De qualquer maneira, se estão na situação de terem uma fidelização e vos terem alterado o valor, o meu conselho é recorrerem ao Centro de Arbitragem da vossa área de residência.


 


Já agora, se existir por aí um jurista que me possa explicar qual o meio para que se possa pedir a abertura de inquérito por prática comerciais ílicitas para este caso, agradecia o feedback.


 


Apesar de terem resolvido o meu caso, indigna-me e revolta-me esta atitude prepotente, enganosa e de má fé da MEO e gostava que esta situação fosse investigada pelas autoridades.


 
Hoje apos ter feito a dias a reclamaçãopara a Meo recebi a chamda a informar-me o que já todos ouviram, que não tinha razão para a queixa feita visto que tinha sido notificado na factura, apesar de eu ter dito que nunca vi nenhuma informação e nunca foi informado por sms ou por telefone de algum aumento, alias custumo receber sms de promoções mas nunca de nenhum aumento do tarifário.


 


 


Inclusivamente informei que na altura garantiram-me que o valor não iria ser alterado nos 24 meses e o qual inclusive fiz questão que fosse escrito isso na alinea 9 do contrato onde diz observações que podia ver, e responde a mesma coisa que estava no contrato tambem que poderiam proceder a alterações o qual voltei a referir mas eu para me precaver disso fiz questão que fica-se nas informações que o valor iria ser o mesmo durante os 24 meses, mas de volta a mesma lenga lenga....


 


Recebi um aumento de quase 5€.


 


Vou proceder como dizem fazer reclamação no centro de arbitragem com copia do contrato onde está esse ponto de observação.


 


Meo nunca mais e disse assim que acabar a vinculação vou mudar para outra e mais dois familiares meus que os convenci a mudar da NOS para a mEO arrependido estou de o ter feito e de os ter convencido.
Nº Cliente 133 150 20 12

Acho esquisito que a MEO resolva aumentar a mensalidade de 39,99€ para  47,49€ precisamente quando acaba a fidelização. É a coisa mais parecida com um convite para mudar de operadora. E calha bem, porque a Vodafone acaba de colocar fibra na minha rua. Bom Ano a todos

 
Ainda bem que a minha fidelizaçao acaba em Fevereiro adeus
Depois de tanta insistencia por aqui tambem já está resolvido.


Cumprimentos
boa tarde, venho expor o aumento brutal que ocorreu na minha factura da meo passando de 64euros para 67euros sem razao aparente. até porque o valor acordado na renovação de contrato que ocorreu em maio de 2016 o valor era de 64 e chego a Novembro e aparece um valor de 67euros.


O mais interessante è a ausencia de esclarecimento uma vez que desde 20 de dezembro, quando expos a situação, não obtive feedback.


 


continuo a aguardar resposta, sendo que até a obter não irei pagar nenhuma factura.
Há muita gente que resolve o seu problema e cala-se. Eu resolvi o meu problema e quero e desejo que todos o resolvam, porque o que a MEO faz e outras operadoras fazem é "chulice". Sei que outras operadoras tentam resolver o problema com o cliente oferecendo outras condicões e o cliente aceita ou não, mas a MEO so mesmo reclamando pra outras entidades. Foi o que fiz, reclamei para o Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa e a resposta foi esta:

Na sequência da reclamação apresentada em que é reclamada a "MEO, SA", cumpre informar que a empresa aceitou proceder ao crédito do valor de €5,80, correspondente à diferença das mensalidades debitadas nas facturas de Nov. e Dez/2016 e para as facturas subsequentes no montante de €5,80 c/ IVA / Mês, que serão reflectidas na facturação até final da fidelização que termina a 04/07/2018 para o serviço em causa.

Face à resolução consensual do conflito, informamos que o processo será arquivado.

 

Por isso reclamem, so assim a MEO se dispõe a resolver o problema.

Reclamem, quem sabe os proximos aumentos serão anunciados como deve ser.

Responder