Novo aumento de preços 01/11/2016

  • 30 Setembro 2016
  • 111 respostas
  • 9538 visualizações


Mostrar a primeira mensagem

111 respostas

Reputação 1
Eu gosto de escrever em letra grande para que os clientes se apercebam do que se passa e nâo comprarem LUPAS para lerem as faturas porque já no facebook  o faço em letra grande e recebo bastantes elogios porque vai bem explicado e com boa visâo. 
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


e foram avisados 1 factura antes do tempo...+/- mês e meio...


 


quando se explica bem...não se precisa de gritar (neste caso escrever com letras maiusculas) além que as pessoas educadas não precisam de gritar ou escrever em maiusculas para se fazerem entender...


 


da maneira como escreves, insinuas que eu concordo da maneira como as coisas são feitas, já fui bem explicito que não o sou...mas que para todos os motivos estão a cumprir a lei...como o principio do forum é informar e ajudar independente das opiniões...como a minha opinião de nada vale pois a lei é que manda e desmanda, dou como prioridade a informação do que a lei obriga e não obriga...neste caso (infelizmente) nada obriga a informarem em letras garrafais ou de uma maneira mais visivel para os cliente terem a certeza que veem...
Reputação 1
Há aqui bastante ambiguidade e informação inconcreta.
Eu estive a ver TODAS as facturas pdf de Janeiro a novembro e em nenhuma há *na zona destinada a isso* qualquer aviso pelo que tão certo como certo ter 5 letras, não irei pagar mais e este será devolvido o montante de aumento na factura e é-me completamente irrelevante se é muito ou pouco, não admitirei qualquer roubo ao meu dinheiro e muito menos por razoes de futebol que não vejo.
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


se realmente no teu caso não tens qualquer aviso deverá ser sinal que não irá ser mexido nada no teu contrato...


 


mas procura bem que poderá estar mt bem disfarçado...nisto para não perderes a razão no caso que tenhas de reclamar...
Reputação 1
Bom dia.


Como li algures que estava na factura de setembro, fui ver melhor e está lá sim senhor, no entanto é o tipico aviso escondido (3ª página do pdf) em vez de ser na área de comunicação com o cliente, em que avisam que a grelha mudou ou promoções m4o ou meo go, etc.


 


Eu tenho para mim que antes de me stressar e revoltar, devo tentar controlar-me, mesmo perante roubos absurdos como estes, e resolver a bem, e mesmo que seja a mal, nunca deixar que as emoções ultrapassem a razão, porque como humano, obviamente o que me dá vontade é borrifar-me nesta empresa, que desrespeita os seus clientes e a lei em vigor, mas, que mal tem pagar 2eur a mais se vou pagá-los a menos na factura seguinte? Estes esquemas são abrangidos pela mentalidade capitalista, eles precisam de dinheiro, e muitas vezes essa necessidade básica e forçada, sobrepõem-se ao reconhecimento que esse dinheiro só existe pela satisfação de quem o entrega, e sem essa satisfação, e com constantes facadas nas costas, constroem fama e desconfiança e repelem os clientes para a concorrência sempre que possível. Todas as empresas falham, já aprendi isto, é a forma como lidam com as falhas que as faz boas ou más.


 


Relativamente ao aviso na factura, a lei é explícita:


 


?


E refere que o que deve ser enviado por escrito é a "proposta de alteração" e não a informação que será alterada. A lei neste ponto é clara, a obrigação de haver certeza que o cliente teve conhecimento parte do operador e não do cliente, caso contrário, além destes truques de não dizerem as alterações e remeterem para o cliente o ter de ir pescar no site, ou ligar números a pagar, iam sendo cada vez menos correctos, sem limitações. Relembro por exemplo os bancos, que legalmente têm sempre de cumprir normas bastante rigidas e burocráticas, e não há um fio de cabelo a um contrato alterado, sem uma mensagem na área de cliente e com link directo às condições, para se o cliente as recusar, poder saber o que está a recusar e do que se trata.


 


Aguardarei resposta da área de cliente, e se for caso disso, desisto do serviço por justa causa, sem pagar nem mais um cêntimo que aquilo que usei, isto depois de um crédito na conta dos 2eur, porque se isso não acontecer, nem devolvo os aparelhos.
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


concordo que a informação deve ser clara e transparente...mas a lei não o diz como fazer...diz "por escrito", "forma adequada"...mas não diz por exemplo...por escrito de forma ligivel e transparente e não misturada com outras informações, mas numa carta especifica com essa informação e as condições que iram ser alteradas descriminadas...


 


se assim fosse de certeza que as coisas poderiam ser diferentes...para todos os efeitos estão a cumprir a lei...tal e qual como mostras-te...é pena que a maioria das leis podem ser interpretadas de modos diferentes e não são explicitamente fechadas e descritas de forma a que não possa existir outras interpretações...
Reputação 1
"Amigos" Se forem para tribunal arbital ganham, mas têm que perder tempo.


 


A MEO mete uma letrinhas no fim de uma factura que sabe que ninguém vai reparar, uns têm débito directo, outros olham ao valor a pagar.


Para os que reparam, para saberem o valor do aumento basicamente têm que esperar pela primeira factura, porque se tiverem um tarifário promocional para descobrir os valores do aumento é uma espécie de missão impossivel.


A lei diz: ..o cliente deve ser informado antecipadamente e de forma clara..


 


Se não tiverem disponibilidade para perder tempo com litigios, rescidam quando acabar a fidelização e NUNCA mais voltem ao MEO e desaconselhem o MEO a amigos, colegas de trabalho e afins, é das empresas menos sérias em Portugal e se calhar no Mundo..


 


O ano passado aumentaram 2€ depois de fazerem aqueles contractos milionários com os clubes de futebol, este ano novos aumentos a clientes fidelizados. Sou cliente VDF noutra habitação tenho melhor serviço e continuo a pagar 25.90€.. sem aumentos escondidos..
Reputação 1
Eu disse e repito que a ANACOM foi bem clara no que me respondeu.  (( O prestador deve informar por ESCRITO e no minimo de 30 dias de antecedênçia da proposta de alteraçâo e do seu direito de cancelar o contrato sem qualquer custo caso nâo aceite as novas condiçôes.)) Falei com pessoas dentro da matéria e tem que sêr por escrito aos clientes e nâo nas faturas como voçês falam..Erro das operadoras e falta de respeito para com os clientes. - Alem disso podem recorrer aos Centros de Arbitagem de Conflitos de Consumo. Ok? Obrigado


NeoPayne escreveu:

boas


 


e foram avisados 1 factura antes do tempo...+/- mês e meio...


 


quando se explica bem...não se precisa de gritar (neste caso escrever com letras maiusculas) além que as pessoas educadas não precisam de gritar ou escrever em maiusculas para se fazerem entender...


 


da maneira como escreves, insinuas que eu concordo da maneira como as coisas são feitas, já fui bem explicito que não o sou...mas que para todos os motivos estão a cumprir a lei...como o principio do forum é informar e ajudar independente das opiniões...como a minha opinião de nada vale pois a lei é que manda e desmanda, dou como prioridade a informação do que a lei obriga e não obriga...neste caso (infelizmente) nada obriga a informarem em letras garrafais ou de uma maneira mais visivel para os cliente terem a certeza que veem...



 
Reputação 1
Há a interpretação, e há a negação.


Negarmos algo até à exaustão não faz magicamente aparecer a razão. A meo pode dizer muita coisa, incluindo que está dentro do estipulado por lei, mas o português se às vezes é traiçoeiro, neste caso não é. Já foram apontados demasiados factos para se continuar a dizer que eles estão dentro da lei, porque pura e simplesmente não estão.


Se não chega o "jogo baixo" que apesar de baixo, poderia ser legal (disfarçado numa 3ª página de um pdf, claramente com intenção de passar despercebido), já é mais complicado desviarem-se do facto de não estarem a informar condições nenhumas, somente estão a remeter para a ligação de um número pago ou para a procura das novas condições (como quem diz que naquele palheiro está uma agulha, agora boa sorte a encontrá-la) e de não estarem a informar que o cliente reserva-se ao direito de não aceitar as condições alteradas e de rescindir sem custos, fora ou dentro da fidelização.


 


A minha imagem por alguma razão desmaterializou-se, fica aqui o link:


 


http://image.prntscr.com/image/7fed4c199c31425c9e3778bd5d2b440d.png
estou na mesma situação.


teve resposta?
tenho a mesma situação.


Deram-lhe resposta?
Reputação 1
não.


foi reclamação da minha conta fibra e da minha mãe adsl.


ontem à noite até me ligaram queriam fazer uma proposta comercial, ate pensei que era acerca da reclamação antes de perceber, acabaram por não dizer muito mais sobre a proposta devido ao meu descontentamento actual, a operadora sugeriu que ficasse contente e depois voltavam a contactar (deve ser..).


Referiu tambem que a meo aumentou 2eur e as outras operadoras 4, não sei até que ponto isto é verdade ainda não pesquisei sequer sobre o assunto, mas transmitiu isto como se fosse uma sorte incrível minha.. Vá lá, os outros não subiram 100eur para eles subirem 50.. enfim.


Ainda não perceberam que a forma como fazem as coisas é que revolta os clientes, não é pelo valor, que com jeitinho se calhar conseguiam que quase todos o aceitassem, apresentando informação e fundamentando o aumento.


 


Refiro também que usei a area de cliente e não o 16200 porque fico sempre na duvida se se paga ou não quando falo com um operador, e nunca sei exactamente quanto, portanto, para que a diligencia não fique mais cara que os 2 eur que reclamo, eu aguardo pacientemente..
Reputação 3
Boas para quem quiser resolver a situação é bastante facil.

Podem fazer a reclamação em CNIACC ou se residirem em Lisboa será CACCL.

Podem fazer a reclamação online que eles ajudam a resolver, livre de custos.

E só para que conste sim, os consumidores, têm a razão e a lei do seu lado.

Não se preocupem em contactar a MEO pois o respeito pelo cliente é nulo.

Façam a queixa num dos locais indicados em cima e ficam com a situação resolvida de uma das formas:

-A MEO passa a fazer o crédito em todas as faturas do aumento até ao final da fidelização.

-Podem rescindir por incumprimento contratual, sem encargos.

 

Cumprimentos.
Reputação 1
Boa tarde,


Caro Diogo, não é preciso ir a centros arbitrais, isso é o mesmo que um assaltante nos roubar, deixar cair o dinheiro enquanto foge e nós vamos formalizar queixa à psp e não apanhar o que ele deixou cair, exemplo meio parvo, admito.


Quero eu dizer que antes disso, que deverá ser usado caso a meo insista em manter a sua postura, mas antes, deverá ser uma reclamação normal para o operador, é errado, é manhoso, é incorrecto, é uma grande lata, mas julgo que se de resto está tudo bem com a operadora, como é o meu caso, devemos esperar pela resposta à reclamação.


Os meus pais já tiveram a solução acima, crédito de 2eur nas facturas durante determinado tempo, e pedido de análise à possibilidade de crédito dos 2eur deste mês ou antes do débito directo ou em dezembro.


 


Falto eu.


 


Tranquilizem-se mesmo, porque o operador ficou sem palavras, depois de perceber que "não avisaram adequadamente das mudanças que iriam fazer, ao cliente, e muito menos explicitaram a possibilidade de rescisão sem custos acrescidos".


 


Cumprimentos.
Reputação 3
Boa tarde,

 

Obrigado pelo seu comentário.

No entanto apenas estou a tentar ajudar quem não conseguiu chegar ao um acordo com o MEO depois do mesmo estar em imcumprimento contratual.

Tal como eu acho que todos reclamaram o aumento de preço, e principalmente o aviso que não cumpre com a Lei.

Mas esta empresa não respeita os clientes. Portanto volto a incentivar a utilização dos centros de arbitragem, e mais, se existirem operadoras concorrentes na zona, incentivo a pedir a rescisão do contrato sem encargos, como manda a Lei, em vez do crédito que será aplicado na fatura.

 

Cumprimentos
Reputação 3
 

 

Caros consumidores dos serviços MEO 

 

Infelizmente tem vindo a ser procedimento normal ao longo dos anos nas companhias telefónicas, este tipo de procedimento, utilizando-o com a maior da normalidade e atirando ao que chamo literalmente o barro à parede. Clientes não atentos, que não queiram se aborrecer, que não se importem ou mal informados, "comem" literalmente com estas medidas.

Por ser um procedimento normal e no meu entendimento a forma como processam a divulgação do aumento aos seus clientes ser totalmente incorreta e crónica, aconselho a todos apresentarem queixas na ANACOM, expondo a situação e aguardar que esta entidade em função das reclamações que vá recebendo consiga de vez dar termino a estes procedimentos de abuso extremo das companhias telefónicas. O facto de conseguirem chegar a um acordo com a companhia telefónica, com atribuição do crédito do aumento que foi feito, rescisão do contrato sem custos associados, ou outra, não deverá invalidar a vossa queixa que deverão apresentar na ANACOM na esperança que um dia este tipo de procedimento acabe. Mais recomendo apresentação de queixa na DECO como forma de reforçar a insatisfação. Sabermos dos nossos direitos e atuarmos por forma a evitar este tipo de procedimentos completamente abusivos, mais do que nosso dever, é nossa obrigação para que algo mude!! Assim espero que todos que leiam este post, assim atuem!!
Reputação 3
 

Caros consumidores dos serviços MEO 

 

Infelizmente tem vindo a ser procedimento normal ao longo dos anos nas companhias telefónicas, este tipo de procedimento, utilizando-o com a maior da normalidade e atirando ao que chamo literalmente o barro à parede. Clientes não atentos, que não queiram se aborrecer, que não se importem ou mal informados, "comem" literalmente com estas medidas.

Por ser um procedimento normal e no meu entendimento a forma como processam a divulgação do aumento aos seus clientes ser totalmente incorreta e crónica, aconselho a todos apresentarem queixas na ANACOM, expondo a situação e aguardar que esta entidade em função das reclamações que vá recebendo consiga de vez dar termino a estes procedimentos de abuso extremo das companhias telefónicas. O facto de conseguirem chegar a um acordo com a companhia telefónica, com atribuição do crédito do aumento que foi feito, rescisão do contrato sem custos associados, ou outra, não deverá invalidar a vossa queixa que deverão apresentar na ANACOM na esperança que um dia este tipo de procedimento acabe. Mais recomendo apresentação de queixa na DECO como forma de reforçar a insatisfação. Sabermos dos nossos direitos e atuarmos por forma a evitar este tipo de procedimentos completamente abusivos, mais do que nosso dever, é nossa obrigação para que algo mude!! Assim espero que todos que leiam este post, assim atuem!!
"Meo: Futebol leva a aumento dos preços dos pacotes de televisão

As contas do quarto trimestre da PT já vão incluir os custos com o acordo de partilha de conteúdos desportivos. O que levará a um aumento de preços na Meo e nos rivais, segundo o CFO da Altice." JORNAL NEGÓCIOS


Aqui está o porque do aumento de preços da Meo.

Eles fazem os contratos e nós, clientes pagamos. Será que nem as entidades reguladoras veem isto?

Que culpa tem os clientes pelos contratos que as operadoras fazem?

Pessem nisto.

Se a MEO não resolver tirar o aumento que aplicou na minha fatura mediante a reclamação que efetuei, vou rescindir o contrato nem que va parar ao tribunal.

Cliente nº 125 075 63 44
A MEO não está a cumprir a lei nem os contratos que não sabe escrever.


No ponto 20.2. do contrato está escrito:


 


"No caso previsto no número anterior desta Condição, o cliente será notificado, através dos meios previstos na Condição 15., com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais. Caso delas discorde, o cliente dispõe de um prazo de 15 (quinze) dias para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada."


 


Ora a condição 15 referida no ponto anterior é:


 


15. DESMONTAGEM


15.1. No prazo de 30 (trinta) dias após a extinção do serviço o cliente obriga-se a entregar em qualquer loja da MEO o equipamento da propriedade da MEO em perfeito estado de conservação, salvo as deteriorações decorrentes da normal e diligente utilização do mesmo. 15.2. Em caso de incumprimento do disposto no número anterior a MEO reserva-se o direito de faturar ao cliente uma indemnização equivalente ao valor do equipamento não entregue ou danificado.


 


Por isso não faz qualquer sentido. 


o contrato está em https://conteudos.meo.pt/meo/Documentos/Contratos-Adesao/Mod.C1001328.pdf


 


Acho que devemos todos reclamar (mais uma vez!) e alegar que não aceitamos o valor de aumento.


 
Reputação 1
Bom dia.


Enquanto a lei estiver do lado do consumidor, as operadoras só ganham mesmo com os desatentos e desinteressados, que pessoalmente acredito, serem mais de 50% no leque de clientes, independentemente da operadora.


Sei que já fui vodafone antes de ser meo, e não me recordo, com o serviço tv-net-voz, de sofrer qualquer aumento anual ou de serviços referente à inflacção ou fosse a que fosse.


O resultado das reclamações no nucleo familiar, foi que irão creditar o valor do aumento durante 12 meses (2x12=24eur) e o valor do aumento de novembro será adicionalmente creditado em dezembro.


 


Para quem ainda não reclamou, e não quer esperar vários dias pela resposta à reclamação por escrito, ligue do fixo, grátis, 16200 opção 4, opção 6.


 


E por curiosidade, alguém que queira mesmo desistir, que conte aqui depois como foi, porque fiquei com a ideia que este abuso deveria ser compensado com algo mais do que como estava antes da ocorrência, senão é estilo, insultam-nos, resolvem, e nós ficamos na mesma, mas com um insulto engolido. Eu não queria mesmo desistir, e aceitei a solução, mas se esta não tivesse surgido, teria mesmo desistido, resta saber o que acontece na negociação e renegociação quando o cliente está muito mais virado para a rescisão.


 
Reputação 3
Boas,


 


O problema é que existem vários contratos.


Ou então pelo que parece, quem os fez as alterações não estava com a minima atenção, o que é gravissimo.


Para além disso, existem clientes que no contrato que foi apresentado/enviado não existe a clausula 19, explicada mais a baixo.


 


 


Em outros contrato existe realmente a condição 15 que é a seguinte:


 


code:
15. COMUNICAÇÕES E CITAÇÕES/NOTIFICAÇÕES JUDICIAIS
15.1.
Todas as comunicações da MEO ao cliente poderão ser efetuadas por qualquer meio ou
contacto facultado por este à MEO, tais como, endereço postal, endereço de correio eletrónico,
sistema automático de difusão de mensagens vocais e SMS (sempre que este meio se revele
adequado à transmissão de todo o conteúdo da comunicação), e, complementarmente e
quando aplicável, através do ecrã do equipamento utilizado pelo cliente.
15.2.
Caso o cliente pretenda contactar a MEO, poderá fazê-lo para os contactos
disponibilizados na sua área de cliente em meo.pt, caso seja um utilizador registado.
15.3.
As citações e notificações judiciais ao cliente, serão realizadas para o domicílio
convencionado, para o efeito, no Formulário, obrigando-se o cliente a comunicar, por
escrito, à MEO, a alteração do mesmo.

 


 


No entanto respondendo... E voltando a falar no contrato MEO.


A clausula 19:


 


code:
19. ALTERAÇÃO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS E CESSAÇÃO DA OFERTA
19.1.
A MEO poderá alterar as presentes Condições Gerais, bem como as Condições
Específicas aplicáveis a cada serviço.
19.2.
No caso previsto no número anterior desta Condição, o cliente será notificado,
através dos meios previstos na Condição 15., com a antecedência mínima de 1 (um) mês
sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais. Caso delas discorde,
o cliente dispõe de um prazo de 15 (quinze) dias para, por escrito, rescindir a relação
contratual em causa, sem qualquer penalidade associada. A referida rescisão produzirá
efeitos à data da entrada em vigor das alterações contratuais.
19.3.
Sempre que uma alteração contratual constitua uma vantagem objetiva para o
cliente não é aplicável o disposto no número anterior.
19.4.
Qualquer alteração realizada nos termos do n.º 1 que seja fundamento de rescisão
do contrato, não afasta o regime de contrapartidas previsto nas Condições Específicas
para rescisão antecipada, caso esteja em curso um período contratual mínimo.
19.5.
Em caso de cessação da oferta de qualquer serviço, a MEO compromete-se a
notificar o cliente, por escrito, com uma antecedência mínima de 15 (quinze) dias sobre
a data da sua verificação.

É ilegal, e não cumpre com a Lei.


 


Pois a Cláusula do contrato que preveja um aumento do preço do serviço sem qualquer limite é proibida - cfr. artigo 22.º, n.º 1, alíneas c) e e), do Regime das Cláusulas Contratuais Gerais, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 446/85, de 25 de Outubro, que diz o seguinte:


 


code:
1 - São proibidas, consoante o quadro negocial padronizado, designadamente, 
as cláusulas contratuais gerais que:

c) Atribuam a quem as predisponha o direito de alterar unilateralmente
os termos do contrato, exceto se existir razão atendível que as partes tenham convencionado;
e) Permitam elevações de preços, em contratos de prestações sucessivas,
dentro de prazos manifestamente curtos, ou, para além desse limite, elevações exageradas,
sem prejuízo do que dispõe o artigo 437.º do Código Civil (...).

Cumprimentos.
Reputação 1
Hj falei para a linha de apoio da Meo e depois de exposto a situação do valor acrescentado na factura ,mesmo quando me garantiram que  durante os 24 meses de fidelização isso nunca iria acontecer , a resposta do operador foi uma espécie de "temos pena", limitou-se a dizer que é politica de empresa e tenho de pagar,e ainda ficar agarrada a um serviço com o qual estou completamente descontente, e com certeza vou desaconselhar sempre que tal surgir em assunto.


 


gostaria muito de saber como posso rescindir deste contrato (ainda dentro do tempo de fidelização....nunca mais acabam com esta chulisse) usando este assunto como justa causa....alguem?
Reputação 3
Boa tarde,


 


Pode fazer reclamação num centro de arbitragem que eles resolvem a situação, incentivo a quem puder e tiver outras operadoras na zona que peça cancelamento do contrato, com justa causa, por imcumprimento contratual da parte do MEO.


 


O centro de arbitragem vai depender da zona onde o serviço está instalado.


CNIACC - É o geral, se não tiverem competência para resolver devido à zona onde o serviço está instalado eles avisam.


CACCL - Para a zona de Lisboa.


No entanto pode pesquisar no google o centro de arbitragem para a zona em que tem o serviço instalado.


Depois da reclamação feita, irá receber uma resposta em aproximadamente 1 semana, para a entrega de comprovativos e dar continuação à mesma.


Mas no geral o processo irá demorar cerca de 1 mês para se resolver.


 


Cumprimentos.
Fiz reclamação para a MEO e obtive a seguinte resposta:

Acusamos a receção da situação apresentada, que mereceu a nossa melhor atenção.

Esclarecemos que informámos as alterações com antecedência regulamentar definida através de mensagem na fatura A632151997, referente ao mês de Setembro. A divulgação dos novos preços também foi prestada pelo serviço Meo nas lojas e agentes autorizados e no site MEO.

A MEO não irá alterar os preços e condições a 1 de janeiro de 2017. Os outros operadores já confirmaram que farão a alteração de preços em Dezembro (NOS) e Janeiro (Vodafone).

Só fazia falta aumentarem novamente os preços em Janeiro de 2017.

Esqueceram-se ainda de mencionar que a NOS, mandou SMS para os seus clientes a informar que os seus plafonds iriam aumentar de 2000 minutos e 2000 SMS para 3500 minutos e 3500 SMS.

Acabei de reclamar para a ANACOM
Reputação 3
Boas,


 


Faz reclamação também no centro de arbitragem da tua zona, podes fazer reclamação online e é gratís.


E não ligues ao que te responderam, o "aviso" deles nem legal é 😃

Responder