EXPLICAÇÃO E RECTIFICAÇÃO DE VALORES FACTURADOS

  • 20 August 2017
  • 0 respostas
  • 139 visualizações

Exmºs Senhores:

 Já por duas ou três vezes tentei contactar os vossos serviços sem o conseguir, pois após me terem posto a "secar" e a "dar música", acabo por ter que desligar atendendo a estar a pagar a chamada. E nem sequer, ao contrário do prometido vocalmente pela gravação, me contactaram nas 24/48 horas seguintes.Tudo isto é INSUPORTÁVEL E DIGNO DA MAIS INTENSA CENSURA!Chamo-vos a atenção para o facto de não aceitar os valores que me são imputados na factura do mês anterior, Julho (ainda por liquidar e pagável até 28 de Julho/ FT A 652020282) e que esperava, como vocês mesmo indicavam e prometiam então, iriam ser rectificados na factura deste mês de Agosto há dias remetida e com pagamento até dia 29 . Acontece que, à boa maneira de tudo o que é português, mantêm-se o descaramento de nada rectificaremEm especial exijo a explicação para serem referidos 4 cartões associados à minha conta, sendo que 2 deles estão incluídos no pacote que subscrevi: M4 O.Posteriormente por contacto telefónico, vieram propôr como "prémio" pela minha fidelização até então, o aumento de canais; e logo depois, vieram de novo propôr o aumento para 1 giga na internet celular, com a indicação que seriam somente mais 3 €!!!Acabo por verificar que o valor da factura subiu exponencialmente, maxime no valor a pagar pelos telemóveis associados, quando nunca isso me foi comunicado.Tudo isto revela uma palavra muito feia e que me recusarei, de momento, a aplicar...Mas ou me explica cabalmente tudo isto, inclusive a alteração para um M4 O PLUS que nunca pedi, garanto-vos que pagarei a factura(s) mas de imediato accionarei os serviços dos meus advogados, com queixas fundamentadas apresentadas a todas as entidades competentes para julgar tais procedimentos vossos e, com muita pena minha, procederei ao cancelamento da minha conta e serviços da MEO.Aguardo da vossa parte uma explicação convincente ou uma rectificação para todas as "anomalias" que não subscrevi. AtentamenteFernando Manuel Moreira de Sá Monteiro

0 respostas

Sê o primeiro a responder!

Responder