Cobrança coerciva indevida.

  • 19 Maio 2017
  • 0 respostas
  • 612 visualizações

Mais um problema para um cliente criado pela MEO ou seu sistema, que passo a descrever da forma mais suscinta possivel:

- Em julho comprei um equipamento que obriga a pagar na fatura durante a fidelização(24meses) 6.73€ e assim continuar com o mesmo tarifário que ja tinha e me era vantajoso e que terminaria em agosto(mes seguinte)

-  Em setembro  surge uma fatura com valor acima do contratado só porque o sistema nao considerou o que tinhafeito em Julho , dando assim por terminado o tarifario que tinha , passando a outro mais dispendioso.

- Reclamei da situação, que logo foi reconhecida como incorreta e para acerto de contas, atribuiram uma nota de crédito a descontar na fatura nas mensalidades do equipamento ate prefazer o total do crédito.

- O crédito esgotou em Fevereiro, e desde entao deveria constar na fatura a mensalidade de 6.73€ para continuação do pagamento ja a minha responsabilidade, o que nao aconteceu, porque a meu nao inclui na fatura esse valor o que viria a constituir uma divida em meu nome que agora me informam atraves do contencioso que terei de liquidar o valor total do equipamento, so porque durante 2 meses nao paguei porque a MEO nem avisou logo no primeiro mes de incumprimento nem incluiu o valor na fatura.

- No dia 10 de Maio regularizei uma situação que resolvia tudo isto , mas pelos vistos nao resolveu nada e continuo a espera que resolvam a situação à dias e continuo sem poder ver a faturação na minha pagina de cliente. todos dias me dizem que vão ligar com a solução e ainda espero.

 

 

0 respostas

Seja o primeiro a responder!

Responder