[Cartas Modelo] Como Anular Contrato Meo: Abuso sobre Idosos

  • 27 Setembro 2013
  • 1 resposta
  • 29536 visualizações

  • Estagiário Júnior
  • 7 respostas
Nome:::::::
Morada:::::::::
0000-000 ::::::
Exmo. Sr. Provedor do Cliente
Serviços Administrativos PT
Comunicações
Av. Fontes Pereira de Melo 40
1069 – 030 LISBOA

Carta Registada com Aviso de Recepção
Assunto: Requerimento para Anulação do Contrato

Exmo Sr. Provedor do Cliente,
Venho por este meio requerer anulação do contrato do serviço Meo, realizado com__(nome) __, Cliente nº: 10000000, nº telefone: 20000000, nº Contribuinte:100000000.
Passo a descrever as razões pelas quais apresento este requerimento:
- Sou _filho/neto/familiar_ do titular deste telefone, o meu familiar/pai/avo tem _x_ anos com as limitações normais desta
idade, a minha mãe tem _x_ anos. São ambos reformados e
vivem das suas pequenas reformas.

- Entre Setembro de 2012 e Março de 2013 por diversas vezes foram contactados por
vendedores que em nome da PT tentaram vender o contrato com o Meo; Sempre recusaram
alegando não terem necessidade desses serviços, queixavam-se também que os vendedores
eram demasiado insistentes, persuasivos e colocavam-lhes demasiada pressão.

- Disseram para não voltar a ligar, mas como insistiram e de tantas vezes foram contactados e tanta pressão que fizeram sobre eles (atenção que o
meu (_familiar/avo/tio_) é idoso e tem idade avançada) que intimidado, pressionado demasiadas vezes e já com as suas capacidades emocionais
e cognitivas limitadas disse que sim ao vendedor da PT.

Logo que soube liguei para a PT e depois de estar cerca de 3 horas ao telefone com os
vossos demorados serviços de apoio ao cliente, consegui que anulassem o contrato mesmo
a tempo, pois o pedido já estava registado na equipa técnica pronto para ser instalado no dia a seguir.

Podem verificar o meu telefonema realizado no dia 4 de Fevereiro 2013, Nº de Registo 1-
1000000000.

Neste telefonema conforme podem verificar na gravação da chamada, eu também pedi
explicitamente para não voltarem a ligar para o nº de telefone do meu (familiar/pai/tio/avo) com objectivos de
campanhas de vendas, publicidade e marketing, inquéritos, etc... Invocando como razões a avançada idade
dos meus_familiares/pais/avos_, os seus problemas de saúde e as suas limitações intelectuais associadas. O serviço de apoio da PT assim atendeu e aceitou.

No dia 15 de Março de 2013, desrespeitando o meu pedido que fiz, voltaram a contacta-los novamente com o mesmo objectivo de vender o serviço Meo. O meu _tio/avo/pai_ de tantas e
excessivas vezes foi contactado, e de tal forma foi pressionado, que desta vez persuadido
pela vendedora, induzido em erro e emocionalmente desgastado, voltou a aceitar o serviço
Meo. E desta vez como não tive conhecimento desse contacto, qual não é o meu espanto
que quando cheguei a casa deles no dia 18 de Março o serviço Meo já lá estava
instalado.

Relembro para a desnecessidade do serviço Meo, pois o meu _tio_avo_pai_ usa a televisão simplesmente
para ver as notícias do canal 1, apenas sabe ligar e desligar a Tv e a minha _tia_avo_mãe_ infelizmente
sofre da doenças neurológicas, nem sequer consegue utilizar os botões e muito menos um
comando da Tv.

1 - É com base nas razões aqui expostas que solicito a anulação do contrato Meo feito com o
meu tio/avo/pai, sem que fique na obrigação a ter de pagar qualquer quantia ou valor à PT Comunicações após
ter sido feita a queixa no dia _X_ de Maio na loja PT Comunicações em __________ e que não
fique na obrigação de pagar qualquer valor referente à indemnização por motivos de
períodos mínimos de fidelização ou quaisquer outros.

2 - Também solicito que o tarifário subscrito pelos meus pais antes do dia 15 de Março (Plano PT Económico) seja restabelecido sem qualquer prejuízo ou custos para com os meus
_avos_pais_familiares idosos_.

Dirijo-me ao Provedor do Cliente pois após ter contactado com vários funcionários das Lojas Oficiais
PT, com a linha de Apoio ao Cliente PT e Departamento de Reclamações PT, estes se viram
incapazes e incompetentes de resolver o presente problema.

Caso não sejam atendidas as minhas solicitações terei de optar por outras medidas mais
severas para solucionar este caso. Tais como expor queixa na DECO da qual sou
assossiado, assim como respectiva queixa na ANACOM e Autoridade da Concorrência.


Pedem deferimento,
O Requerente:
__________________________
O Titular:
__________________________

1 resposta

Muito bom!

Obrigado htzrd. É realmente uma vergonha que estas situaçõe sucedam num país dito civilizado. Haviam de existir pesadas multas e um maior controle em situações desta índole.

Abraço.

Responder