Aumento abusivo de mensalidades

  • 17 July 2014
  • 2 respostas
  • 923 visualizações

Bom dia 

 

Chamo-me Desidério Pires e sou cliente nº 1292446692.

 

Em novembro de 2011 a PT convencem-me a mudar da Cabovisão para a PT (apenas pacote básico de TV).

Passei de facto a pagar menos. Pagava 36,53 € e passei a pagar 23,59 € 

 

Satisfeito com o serviço (e com o valor das mensalidades), mais tarde em maio de 2013 aderi à internet com serviço também mais barato. Passei a pagar 48,23 €.

 

Eis a escalada de preços praticada pela empresa no que me diz respeito:

 

Outubro de 2013: 48,23 €

Novembro de 2013: 55,95 €

Janeiro de 2014: 55,95 €

Fevereiro de 2014: 56,95 €

Março de 2014: 57,03 €

Abril de 2014: 57,03 €

Maio de 2014: 60,02 €

Junho de 2014: 60,02 €

Julho de 2014: 67,53 €!!! (débito hoje efetuado)

 

Da análise da fatura, tem sido o item "PACOTES" da TV o de maior aumento passando de 19,90 € para 46,49 € em um ano sem alteração do serviço de TV!!

 

Agradecia uma resposta a este aumento abusivo de preços para que possa decidir sobre o cancelamento ou não do serviço de TV.

 

Cumprimentos


Desidério Pires

 

 

 

2 respostas

Reputação 5
Boa tarde @@@dcpires , estamos a verificar esta situação e logo que possível entraremos em contacto.
Compreendo bem a sua situação, comigo acontece uma situação parecida.

Realizei contrato com a meo, e na altura havia uma "promoção" associada a habitação onde eu residia, o que levou a que a mensalidade do pacote por mim adquirido (Total 30) ficasse a 36,49euros mais 1euro do aluguer da Box. Segundo o contrato essa mesma mensalidade mantêm-se durante os dois anos de fidelização. Por motivos pessoais tive que mudar de residência e foi-me garantido a quando do pedido de alteração de morada que a mensalidade se iria manter igual. Qual é o meu espanto quando no mês a seguir à mudança me é apresentada uma factura onde o pacote vem com o valor de 53,49euros.

Contactei de imediato o apoio ao cliente, onde me disseram que iriam analisar a situação e me iriam contactar em breve. Passaram 2 semanas e nada! Dirigi-me então até à loja onde realizei o contrato e onde me disseram que iriam encaminhar a informação e me contactariam durante os 2/3 dias seguintes e, mais uma vez, NADA! Nisto, já ando à mais ou menos um mês sem qualquer tipo de resposta ou resolução. Como estou farta de gastar o meu rico ordenado em chamadas sem fim para o apoio ao cliente, acho que a solução será mesmo avançar com uma queixa na anacon, pois isto só revela falta de profissionalismo e consideração pelos clientes.

Se tal não resultar em nada então serei obrigada a exigir o cancelamento do contrato alegando incumprimento pela parte da meo.
É triste que em Portugal as coisas só se consigam resolver através de queixas e reclamações.

Bom dia, Carolina Ramos

Responder