Velocidade ADSL

  • 29 Outubro 2014
  • 44 respostas
  • 3669 visualizações

Olá gostaria de saber se é possível instalarem um serviço MEO ADSL 12MB, o mesmo funcionar bem durante 1 ano e um mês e milagrosamente deixa de ser possível a sincronização a 12Mb e passar a 8Mb, sem que o cliente aceite??

44 respostas

Reputação 2
Sim é possível .


 


Não é uma velocidade garantida, pode mudar a qualquer momento, logo que os débitos sejam viáveis e são, apesar de serem baixos 


 


Com o acréscimo de novos clientes os valores podem alterar, mas isso a nível contratual está explícito .


 


Cumprimentos 
Reputação 4
Blinco escreveu:

Sim é possível .


 


Não é uma velocidade garantida, pode mudar a qualquer momento, logo que os débitos sejam viáveis e são, apesar de serem baixos 


 


Com o acréscimo de novos clientes os valores podem alterar, mas isso a nível contratual está explícito .


 


Cumprimentos 



 


 O que está explicito nos contratos é algo bastante diferente, e que a MEO/PT não respeita nem nunca respeitou , o valor da velocidade é até ao maximo de X Mbits, podendo não ser a velocidade maxima ,nos casos em que isso não é tecnicamente possivel, claro que se maximo de Xmbits não for atingido simplesmente porque a infrastrutura não está em condições , é da responsabilidade do Operador fazer as alterações necessarias, infrastrutura a cair de podre e/ou mal desenhada  ,não pode ser nem é justificação segundo ANACOM
Reputação 2
Basta ter uma configuração de 8mb para já ser um serviço viável . 


 


Contra isso nada feito, é esperar pelo termino do serviço e tentar outra operadora se estiver mesmo insatisfeito.


 


Cumprimentos 
Reputação 4
Blinco escreveu:

Basta ter uma configuração de 8mb para já ser um serviço viável . 


 


Contra isso nada feito, é esperar pelo termino do serviço e tentar outra operadora se estiver mesmo insatisfeito.


 


Cumprimentos 



 


Isso é a posição da PT não é o que a ANACOM diz,  se é vendido um serviço até 24mbits por exemplo . é obrigação do operador aproximar-se o mais possivvel dessa velocidade , só é considerado impedimento tecnico se devido ao comprimento do cobre de todo não é possivel, se a infrastrutura tiver problemas, devido a má ou inexistente manutenção não é considerado impedimento tecnico , é obrigação do operador manter a rede em boas condições de funcionamento .


 


Não é só encher os bolsos
Reputação 2
Boa tarde,


 


Isso é bom de se ouvir e dizer, mas depois na hora da verdade já sabe que não é bem assim.


 


O aproximar ao máximo é bonito, mas não é garantido, apenas é necessário e obrigatório existir débitos para que o serviço seja considerado como viável, depois depende se o cliente pretende ou não aceitar, senão dispoe de 14 dias para rescindir. 


 


Cumprimentos 
Reputação 4
Blinco escreveu:

Boa tarde,


 


Isso é bom de se ouvir e dizer, mas depois na hora da verdade já sabe que não é bem assim.


 


O aproximar ao máximo é bonito, mas não é garantido, apenas é necessário e obrigatório existir débitos para que o serviço seja considerado como viável, depois depende se o cliente pretende ou não aceitar, senão dispoe de 14 dias para rescindir. 


 


Cumprimentos 



 


 


Excepto os 14 dias para rescindir , tudo o resto é completamente falso,  isso é a teoria do "tuga chico esperto", quer dizer faz-se uma instalação com contrato até 24mbits , quando o tecnico sai a porta está 18mbits , não é bom, mas é aceitavel , passado um 1 mes a velocidade real está a 7ou  8mbits , não é defeito é feitio , e o cliente que aguente ...


 


Eu nem vou comenter mais isto , porque não vale a pena , os outros utilizadores do forum apreciem isto e comentem.
Reputação 7
Crachá +20
boas


 


infelizmente não ha nada a fazer...esta no contrato que isso é possivel acontecer e todos nós aceitamos...


 


no entanto...se dizes que ja tiveste 16Mb de velocidade e deixou de ter é pq estas mt perto da central ou de uma remota...pode ter existido uma alteraçao qq de encaminhamentos que desconheço...mas nada como contactar para o 16209,,,e pedir para ser verificada a velocidade...se existirem historicos que realmente tiveste 16Mb podem voltar a colocar ou pelo menos perto disso...


 


mas infelimente nao sao obrigados a isso...para todos os efeitos estas dentro da viabilidade...vai depender de mtas coisas mas para isso tens de contactar o apoio...
Reputação 4
NeoPayne escreveu:

boas


 


infelizmente não ha nada a fazer...esta no contrato que isso é possivel acontecer e todos nós aceitamos...


 


no entanto...se dizes que ja tiveste 16Mb de velocidade e deixou de ter é pq estas mt perto da central ou de uma remota...pode ter existido uma alteraçao qq de encaminhamentos que desconheço...mas nada como contactar para o 16209,,,e pedir para ser verificada a velocidade...se existirem historicos que realmente tiveste 16Mb podem voltar a colocar ou pelo menos perto disso...


 


mas infelimente nao sao obrigados a isso...para todos os efeitos estas dentro da viabilidade...vai depender de mtas coisas mas para isso tens de contactar o apoio...



Não sou só eu é a urbanização toda , o cobre de minha casa até ao concentrador de fibra tem 632m, e a ligação  nem sequer pode ir por outro caminho, porque o cabo de cobre antigo que ligava a povoação à central já foi retirado.
A verdade é que quando questionei sobre a viabilidade, foi-me informado que era viável e na altura o serviço era MEOTOTAL12, e funcionou durante um ano e um mês com a velocidade de 12Mb/1Mb e a linha tinha valores de atenuação de 12,1dB upload e 30dB Download (tenho registos disso). Agora dizem-me que só é possível 8Mb/1Mb, e a linha tem valores de Atenuação de (Up/Down) [dB]: 24,3 / 40,5. Como se pode ver a atenuação disparou e provocou instabilidade e a consequente baixa de sincronização, mas isso é um problema técnico que os serviços tem de resolver, e devolver o serviço ao cliente tal como foi instalado e apresentado. Reparem que o cliente não está a exigir que coloquem o serviço a 24Mb ou uma sincronização qualquer que nunca tenha tido, mas somente está a exigir que o fornecedor cumpra o que se dispôs a fornecer e forneceu durante um periodo de tempo que ultrapassou um ano. Se existe uma avaria é resolver, o cliente não tem a possibilidade de pagar ao fim do mês só o que está ao seu alcance, não tem essa hipotese e o fornecedor não pode instalar um serviço hoje com uma qualidade e amanhã essa qualidade deteriorar-se, isso não me parece que tenha cobertura legal no contrato.
O mais interessante é que na página de cliente ao acionar a avaria, (internet lenta e falta de canais HD), aparece de seguida a mensagem:


 


A sua solicitação referente ao produto Televisão ........(............) encontra-se no estado Processado.


 


Interessante não ??


Não atendem ao pedido de avaria ????
Reputação 2
Se for possivel tecnicamente melhorar, tudo bem, senão nada feito .



Depende de muitos fatores, se existir algum vizinho no mesmo PD com débitos superiores, praticamente é certo que vai dar para alterar. 


 


Quando existe degradação da linha, quase de certeza que não vai haver uma melhoria na mesma, pois nem compensa.


 


Desejo boa sorte nessa "batalha" 


 


Cumprimentos 
Reputação 4
AntónioCosta escreveu:

A verdade é que quando questionei sobre a viabilidade, foi-me informado que era viável e na altura o serviço era MEOTOTAL12, e funcionou durante um ano e um mês com a velocidade de 12Mb/1Mb e a linha tinha valores de atenuação de 12,1dB upload e 30dB Download (tenho registos disso). Agora dizem-me que só é possível 8Mb/1Mb, e a linha tem valores de Atenuação de (Up/Down) [dB]: 24,3 / 40,5. Como se pode ver a atenuação disparou e provocou instabilidade e a consequente baixa de sincronização, mas isso é um problema técnico que os serviços tem de resolver, e devolver o serviço ao cliente tal como foi instalado e apresentado. Reparem que o cliente não está a exigir que coloquem o serviço a 24Mb ou uma sincronização qualquer que nunca tenha tido, mas somente está a exigir que o fornecedor cumpra o que se dispôs a fornecer e forneceu durante um periodo de tempo que ultrapassou um ano. Se existe uma avaria é resolver, o cliente não tem a possibilidade de pagar ao fim do mês só o que está ao seu alcance, não tem essa hipotese e o fornecedor não pode instalar um serviço hoje com uma qualidade e amanhã essa qualidade deteriorar-se, isso não me parece que tenha cobertura legal no contrato.



Claro ! ninguem está aqui a pedir algo que nunca teve ! só queremos o que foi configurado e instalado originalmente.
Meu amigo, quando o serviço foi instalado funcionava tudo bem. Se existe algo a impedir que funcione agora, obviamente que tem de reparar a avaria. O caso vai ser enviado para a ANACOM e DECO.
Reputação 2
Bom dia,


 


Boa sorte nessa batalha ( que muito provavelmente não vai dar em nada ) . 

Eles têm tudo do lado deles.


 


Não é possivel garantir sempre a mesma velocidade, mas sim uma velocidade minima, essa é a diferença. 


 


Podes num ano ter um valor e em outro descer um pouco, devido ao acréscimo de clientes, mas quanto a isso eles estão salvaguardados.


 


Cumprimentos
Como ?
Então não tem de garantir o que instalam. Ou seja hoje pode dar, amanhã logo se vê ???
Nunca se viu tamanha desconsideração pelo cliente. O cliente só pretende o serviço que contratou e funcionou, reposto. 
Não vejo moderadores a debruçar-se sobre esta situação.
A atenuação disparou, problemas na linha, armários em más condições, cabos desadequados tudo reportado e confirmado pelos técnicos. O fornecedor é obrigado por lei a fornecer o serviço de forma contínua e ininterrupta. Existe uma avaria que impede de visualizar canais HD e estabilizar o sincronismo nos 12Mb/1Mb, a atenuação era practicamente metade da que tenho hoje.
Atenuação de 12,1dB upload e 30dB Download (tenho registos disso) na altura da instalação e durante mais de um ano, agora dizem-me que só é possível 8Mb/1Mb, e a linha tem valores de atenuação de (Up/Down) [dB]: 24,3 / 40,5. Como é isto possível??????
Meu amigo, quando o serviço foi instalado funcionava tudo bem. Se existe algo a impedir que funcione agora, obviamente que tem de reparar a avaria. O caso vai ser enviado para a ANACOM e DECO.
AntónioCosta escreveu:


A verdade é que quando questionei sobre a viabilidade, foi-me informado que era viável e na altura o serviço era MEOTOTAL12, e funcionou durante um ano e um mês com a velocidade de 12Mb/1Mb e a linha tinha valores de atenuação de 12,1dB upload e 30dB Download (tenho registos disso). Agora dizem-me que só é possível 8Mb/1Mb, e a linha tem valores de Atenuação de (Up/Down) [dB]: 24,3 / 40,5. Como se pode ver a atenuação disparou e provocou instabilidade e a consequente baixa de sincronização, mas isso é um problema técnico que os serviços tem de resolver, e devolver o serviço ao cliente tal como foi instalado e apresentado. Reparem que o cliente não está a exigir que coloquem o serviço a 24Mb ou uma sincronização qualquer que nunca tenha tido, mas somente está a exigir que o fornecedor cumpra o que se dispôs a fornecer e forneceu durante um periodo de tempo que ultrapassou um ano. Se existe uma avaria é resolver, o cliente não tem a possibilidade de pagar ao fim do mês só o que está ao seu alcance, não tem essa hipotese e o fornecedor não pode instalar um serviço hoje com uma qualidade e amanhã essa qualidade deteriorar-se, isso não me parece que tenha cobertura legal no contrato.
Boa tarde @@@AntónioCosta , para podermos analisar a situação exposta, queira remeter os seus dados de cliente (nº de cliente/NIF) e um contacto telefónico por mensagem privada. Coloque, no título da mensagem, a refª 3-48226245390.
O serviço continua sem a qualidade com que foi instalado.
Reputação 4
Caro AntónioCosta


 


                                acononselho vivamente a reclamar a ANACOM aqui:


 


https://www.anacom.pt/bvirtual/index.jsp?do=edit&mode=edit&idform=FRECL-CONSUMIDOR&jscript=on&ssl=true&languageId=0&channel=graphic
Reclamação feita à ANACOM, de seguida segue-se a Direcção Geral do Consumidor.


Até agora os pagamentos foram sempre efetuados, tem de cumprir a lei e o contrato.


Fornecer o serviço de forma constante e ininterrupta, nasd condições em que foi instalado. Tal não está a acontecer.

Responder