Resolvido

Servidores virtuaais com router wifi Huawei E5330 3G

  • 9 Abril 2015
  • 11 respostas
  • 3580 visualizações

  • Principiante
  • 7 respostas
Boa tarde,

 

Possuo um router wifi E5330 com ligação banda larga 3G. Pretendo com ele instalar um sistema que me permita aceder a algumas câmaras de vídeo num local sem ligação por cabo ou por telefone fixo. O router inclui a possibilidade de se definirem servidores virtuais, mas não consigo aceder às câmaras a partir da internet. Existe alguma limitação da parte da meo para este tipo de ecesso? É possível implementar a solução que pretendo com base neste equipamento com a rede meo?

 

Agradeço todos os esclarecimentos e ajudas que me possam dar.

 

Cumprimentos,

 

wv

 
icon

Solução por wv 16 Abril 2015, 15:49

Olá eXistenZe,


 


Eu é que tenho de agradecer o esforço que fizeste para me ajudares.


Ao fim de muita conversa com técnicos da meo (apoio técnico), depois de muitas afirmações erradas, finalmente, ontem enconrei um que me soube responder à questão e que confirmou que na plataforma móvel da meo não é possível o port-forwarding, a não ser contratando o serviço de ip fixo (não sei porquê, mas presumo tratar-se apenas de uma forma de limitar as possibilidade dos clientes comuns).


Terei de fazer as coisas de outra maneira, até porque para além do custo, ao que parece o ip fixo só é possível para clientes empresariais.


 


Cumprimentos,


 


Walter Vieira


 


 
Ver original

11 respostas

Reputação 1
Boa tarde.


 


Estamos a falar de ligar um pc (local) ao Huawei e uma IP cam? Ou aceder remotamente ao mifi ligado a uma IP cam? Não me parece que essa placa wireless tenha as funções de router necessárias... por exemplo port forward. Já testaste?


E como acederias à tua rede de casa remotamente? Tens ddns, dynip ou algum outro tipo de configuração possível?
Olá,


 


Antes do mais, obrigado pela resposta.


Eu tenho o software de monitorização das câmaras instalado num pc e tenho uma cliente noip que atualiza regularmente o endereço ip atribuido pela meo Esta parte funciona pois já experimentei noutro local. Com o router em questão, mesmo usando o endereço  obtido através de http://whatismyipaddress.com/ não consigo acesso a partir do exterior. O router tem a possibilidade de configuração de "servidores virtuais" que basicamente consiste em port forwarding (posso indicar que o tráfego entrado por um porto externo é transferido para uma máquina cujo ip indico e porto interno também configurável). O que acontece é que não consigo que o tráfego seja transferido, razão porque peguntei se existe alguma limitação imposta pela meo para este tipo de ligações (3G).


 


Cumprimentos,


 


wv
Reputação 1
Então não queres aceder remotamente às câmaras, mas sim ao PC que tem o software sempre ligado? Ainda não percebi bem o que queres fazer... E queres aceder com o que? Outro PC ou um telemóvel? Tenta fazer um esquema para ser mais simples. Tipo isto:


 


PC do trabalho -> router mifi em casa -> IP cam


ou


Telemóvel -> router mifi em casa -> IP cam


ou


PC do trabalho -> router mifi em casa -> PC em casa com software a correr -> IP cam


 


A ligação em si a única limitação que pode ter é a velocidade, não a tecnologia. O router é que limita as funcionalidades.
Olá.


 


Mais uma vez, obrigado pela resposta.


 


O que pretendo realizar é o esquema: "PC do trabalho -> router mifi em casa -> PC em casa com software a correr -> IP cam".


A parte  "PC em casa com software a correr -> IP cam" já está a funcionar localmente (consigo aceder localmente a partir de outro computador).


O router permite a criação de servidores virtuais, conforme indiquei em mensagem anterior. Se a limitação não é da ligação e o router permite a criação de servidores virtuais (port porwarding), então não consigo percenber o que se passa. Vou instalar o software Wireshark para ver se consigo entender o que chega ao PC de casa quando tento ligar a pertir do pc do trabalho.


 


Cumprimentos,


 


wv


 
Reputação 1
E como queres aceder remotamente à tua ligação em casa?


Com o mesmo software de vigilância instalado no trabalho? Isso são questões mesmo do programa em si. Não podes simplesmente escrever o ip e uma porta no internet explorer para ele ligar à aplicação (só se existir um tipo de cloud ou servidor pronto a receber). A tua aplicação faz isso? Tem de ser mesmo a aplicação a fazer a ligação de um lado e a aceitar do outro ou a permitir suporte para isso. Se tiver essa capacidade, aí sim, abres a porta no router para permitir o forward para o teu PC.


 


Existem também programas que mandam as imagens para um servidor deles e acedes a esse servidor. Existem outros que usam sistemas cloud que criam links directos para as aplicações. Tens também os softwares que têm aplicação de PC e outra para android e iphone para veres no telemóvel. Podes usar também opções mais simples como teamviewer.


 


Existem também IP cams com a capacidade de stream directo para a sua aplicação remota respectiva, sem necessidade de estar ligada a um pc local.


 


Tudo depende de teres garantida a capacidade de enviar e receber a ligação. O fort forward é só um tunel entre eles, mas não faz o trabalho do software de monitorização.


 


Se conseguires ligar outro PC na mesma rede LAN em casa ao teu software (pelo IP do router e não do PC com o software a correr), aí podes depois partir para o acesso remoto.
Sim, as minhas câmaras têm um servidor web interno e é isso que mais tarde pretendo usar. No entanto, dada a diminuta largura de banda do router para upload, decidi começar por começar pela utilização de software que monitorize todas as câmaras e que via web permita o acesso (tal como o  iSpy Viewer). Seja como for, se o port forwarding não funcionar, qualquer das soluções fica inviabilizada.  Para já implementei um serviço WCF que corre no PC de casa e responde a pedidos de um cliente WCF que corre no PC do trabalho. Esta solução (que só envolve mensagens de texto e não imagem) foi testada com uma máquina na cloud Azure (a fazer de PC de casa) e funciona bem. Enquanto não me conseguir ligar a partir do exterior ao PC de casa não pretendo avançar mais. Se a solução funcionar, considero a possibilidade de adquirir um router 4G para ter maior largura de banda para uopload e tentar a solução de acesso direto às câmaras.


 


Cumprimentos,


 


wv


 
Reputação 1
Fiz uns testes e umas pesquisas e de facto a grande maioria das redes 3G e 4G (as nossas incluídas) não permitem port forward:


http://superuser.com/questions/397606/why-a-3g-router-wont-do-port-forwarding-when-on-3g-interface


 


Acho isto bastante estranho visto eu ter usado durante vários anos p2p com port forward em pens 3G, mas de facto testei aqui em casa o meu mifi e também não funciona.


 


Desculpa o tempo perdido.
Olá eXistenZe,


 


Eu é que tenho de agradecer o esforço que fizeste para me ajudares.


Ao fim de muita conversa com técnicos da meo (apoio técnico), depois de muitas afirmações erradas, finalmente, ontem enconrei um que me soube responder à questão e que confirmou que na plataforma móvel da meo não é possível o port-forwarding, a não ser contratando o serviço de ip fixo (não sei porquê, mas presumo tratar-se apenas de uma forma de limitar as possibilidade dos clientes comuns).


Terei de fazer as coisas de outra maneira, até porque para além do custo, ao que parece o ip fixo só é possível para clientes empresariais.


 


Cumprimentos,


 


Walter Vieira


 


 
Reputação 1
Penso que não se trata apenas do IP fixo, mas sim formas diferentes de se ligar à net, uma com um servidor NATed intermédio e outra sem.


Com o firmware meo/kanguro/vodafone, etc podiam era desactivar logo as opções do router relacionadas com port forward para não perdermos tempo com isso.


 


Mesmo sem port forward podes ter soluções de software de monitorização que não o necessite... E se não encontrares tens sempre a meia alternativa do teamviewer...
Sim. Acho é que eles fazem depender o acesso a essa plataforma da contratação de ip fixo.


 


Cumprimentos,


 


wv
Reputação 1
Se encontrares forma de resolver isto não te esqueças de colocar aqui para ficar a saber também 🙂

Responder