Resolvido

Quais os factores "legais" que podem ser considerados para qualidade do serviço de internet?

  • 16 Novembro 2016
  • 4 respostas
  • 1700 visualizações

Reputação 2
Boas, tenho vindo sofrer de um problema no minimo ridiculo e com um apoio ao cliente mais ainda (não culpo que ta a atender o telefone, mas sim que lhes faz aqueles pessimos guiões para resolução de problemas), que é o seguinte, ter o dobro do ping para selectos servidores, nomeadamente umas das piores situações, servidores hospedados em Madrid. (a concorrencia seja ela qual empresa for, tem no maximo 25ms enquanto a MEO num dia bom tem 39ms, quando nao ronda os 50's e muitos ms.) Este problema não é segredo de ninguem basta ver a thread neste mesmo forum sobre o assunto, apesar do problema ser negado sempre no apoio ao cliente


 


Gostava então de saber a nivel contractual quais os factores que são tidos em conta para a qualidade da internet, isto claro "legalmente".


Por exemplo a interner em si pode ser avalidada pelo, packet loss, ping(latencia), velocidade, etc... gostava de saber de quais todos estes parametros são avaliados "legalmente", e quando existe alteração destes, "legalmente" existe também uma diferença de qualidade.


 


Fui informado pelo apoio ao cliente que apenas a velocidade da internet a nivel contractual conta para averiguação de qualidade da internet, significando que eu MEO com 100MBs contractados se tiver 200ms, 300ms, ou 2ms para um mesmo servidor tenho legalmente a mesma qualidade (perfeita) desque disponha dos 100MBs, acho isto estranho(mas não me admirava nada), apenas cria confimar se esta afirmação é verdadeira ou existem mais factores e se existem quais.


 


Eu disponho do serviço de M40 Light. (via fibra) contracto realizado +/- 9 meses.


 


Obrigado
icon

Solução por NeoPayne 16 Novembro 2016, 21:20

boas

se das exemplos servidores fora de Portugal o argumento é que não se podem responsabilizar por servidores fora de Portugal...

Ver original

4 respostas

Reputação 7
Crachá +19
boas


 


se das exemplos servidores fora de Portugal o argumento é que não se podem responsabilizar por servidores fora de Portugal...
Reputação 2
traduzindo isso numa forma realista é, a empresa pode ter o pior routing de sempre, e ter altissimos pings para servidores desde que estes  sejam foram de portugal, ou seja para prender um cliente durante a fidelização e engana-lo e rouba-lo apenas precisam de investir na qualidade de ligação a nivel nacional, a nivel internacional, meus caros cada um por si, enfim, nada se pode fazer quando as leis do proprio mercado não estão de acordo com a realidade. Quando a fidelização terminar, adeus, nunca mais me veem garantidamente, pois já possui todas as operadoras e nunca tive tao insatisfeito como na MEO.
Reputação 3
Sim porque quando jogadores de WOTs etc(luxamburgo/inglaterra) andam com pings altíssimos a culpa não era da meo pois não, até teve que mudar os IPs de dinamicos para estáticos, certo?


Queres que vá desenterrar o tópico a ver como a meo vergonhosamente  tentava resolver o problema e provar o quão errado tás, é isso?


 
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


deves ler mal então...só passo a informação que sei que vão passar...não estou a dizer que estão correctos...

Responder