Mudança de casa para local sem viabilidade técnica

  • 15 Abril 2016
  • 11 respostas
  • 1455 visualizações

No passado dia 2 de abril tinha agendada uma mudança de casa para o serviço de MEO ADSL de 12mb que tinha instalado numa outra residência há menos de 6 meses. Nas condições que me foram enviadas, referia que após a instalação do serviço eu abdicaria do direito de livre resolução do contrato, sendo que teria de levar o contrato até ao final nas condições em que fosse feita a instalação ou então pagaria penalização. 

Felizmente no dia da instalação tive a feliz ideia de questionar o técnico qual a cobertura que tinha na nova residencia, o mesmo informou-me que no poste teria no maximo 6mb, e que na minha residencia a velocidade seria ainda inferior. Disse ao senhor que não queria que a instalação fosse feita uma vez que precisava de pelo menos 10mb e sem limites de tráfego por motivo profissionais.

O técnico contactou o serviço de apoio ao cliente enquanto estava na minha residencia, e reparei que enquanto estava ao telefone teve sempre de se dirigir para o exterior para ter uma boa cobertura de rede. Depois dele falar passou-me o telefone para eu explicar os motivos, na mesma chamada foi-me feita uma proposta de aceitar a instalação do serviço MEO ADSL 12Mb (mas só com uma velocidade de 6MB ou inferior) e adicionalmente "ofereciam-me" uma internet móvel 4G com o limite máximo de 15gb de tráfego. Obviamente que não aceitei pois este tráfego não me iria servir de nada, para além de que tinha reparado que o técnico para falar ao telefone tinha sempre de ir para a rua o que demonstrava que naquela zona a MEO, não tinha boa cobertura. Em conversa o técnico, off-record também  me disse que naquele local no máximo apanharia 3G e nunca 4G.

No dia 6 contactei o Serviço de apoio a clientes com o intuito de resolver esta situação, foi-me solicitado que envia-se uma carta de pedido de rescição onde explicasse os motivos do meu pedido para não me ser cobrado a penalização de incumprimento do contrato até ao fim, uma vez que a MEO é que não me estava a conseguir oferecer um serviço de qualidade equivalente ou superior ao que eu tinha contratado na minha residencia antiga. Assim fiz, e como não recebia qualquer resposta hoje voltei a contactar o Serviço de Apoio ao Cliente onde fui informada por parte de um assistente muito arrogante, que o meu pedido foi aceite mas que teria de pagar 82.28€ como penalização. Alegando que a MEO não está em incumprimento comigo uma vez que o serviço continua activo e com qualidade técnica (na minha antiga residencia onde atualmente não vive ninguém, mas isso para a MEO são promenores insignificantes). 

Estou totalmente desiludida com a MEO pois depois de analisar a situação concluo que estava agarrada de qualquer forma, - se aceitasse a instalação abdicava do direito de livre resolução, como não aceitei o serviço está activo com qualidade técnica. E o assistente ainda me diz no final que terão muito gosto em que eu volte a ser cliente MEO. O problema da MEO nesta situação é que na minha antiga residencia era a unica operadora que me conseguia oferecer um serviço com qualidade razoavel, mas na minha nova morada a MEO é a unica operadora que NAO me consegue oferecer um serviço com qualidade razoavel.

A partir de hoje a MEO para mim deixou de ser uma opção de qualquer serviço, sendo que quando terminar a fidelização de outro serviço que tenho irei rescindir na hora. E NUNCA mais recomendarei a MEO a ninguem que conheça, e claro que também irei fazer queixa nas entidades competentes. Não é pelo valor que vou ter de pagar mas sim pela postura de arrogancia que a MEO teve perante a minha reclamação.

 

Obrigada

 

11 respostas

Reputação 7
Crachá +19
boas


 


nestes casos é sempre complicado resolver a favor do cliente, as operadoras agarram um argumento que o cliente poucas hipoteses tem de contornar....o contrato foi feito numa residencia com cobertura tecnica e as operadoras não tem culpa que o cliente tenha mudado de morada para uma zona sem cobertura...lamento mas isto é um argumento legal e a operadora pode realmente usar...


 


no entanto sei que facilitam...mas nem em todos os casos...


 


agora pelo que vejo ha uma solução viavel...Meo TOP sem fios que será 4G+telefone+satelite...o 4G/3G será num router proprio que tem mais cobertura que uma pen...como as velocidades vão ate 40Mb com o 3G penso que chegue proximo dos 12/14Mb sem dificuldades, mas vai depender da cobertura da zona...apesar de ser 4G não tem limite de velocidades...


 


acho que pode ser uma opção viavel...mas só depois de testar como é evidente...
Boa tarde, o MEO TOP sem fios para mim também não seria solução uma vez que eu não estou interessada em TV. Para além de que o valor é muito superior ao que pagava com a ADSL. Valor esse que eu não tenho capacidade de sustentar durante o período de fidelização de 2 anos que é imposto. Mais uma vez volto a dizer que não é pelo valor que vou ter de pagar porque eu já o ia pagar por ter feito uma mudança de casa há menos de 6 meses. É sim pela postura como a MEO trata os seus clientes... Mas enfim, clientes há muitos... Obrigada
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


a postura é a indicada devido a alterações do contrato por parte do cliente...neste caso a mudança de casa para uma zona sem qualidade tecnica...a operadora não tem culpa...


 


aliás para todos os efeitos é um serviço viavel pois é superior a 256Kb...sim, por incrivel que pareça só ser for inferior a esta velocidade é que a PT pode dar o serviço como inviavel e se o cliente quiseres desistir pode fazer sem custos....tudo o que seja superior é viavel (lei completamente obsoleta)...ou seja no fundo o que a Meo esta a cobrar é o que tem direito...ha viabilidade mas não a qualidade que o cliente exige...


 


mas creio que as coisas podem ser sempre bem feitas...claro que da trabalho e é cansativo...nisso concordo em absoluto...


 


pena que a opção do router 4G ainda nao esteja disponivel só para ADSL...isso por enquanto é outra desvantagem...
Não concordo com a viabilidade técnica uma vez que como disse preciso de uma Internet estável e com tráfego ilimitado por motivos profissionais. Não é para brincar... A MEO não pode decidir pelo cliente o que é suficiente para cada cliente uma x que cada um dá um uso diferente a Internet. Eu entendo perfeitamente que a instalação na minha antiga casa teve custos, e aceitaria muito melhor e concordaria se me dissessem que sendo assim teria de pagar a instalação uma x que não tive o contrato pelo tempo que era suposto. Julgo que seria mais justo e estamos a falar de um valor muito próximo ao k vou ter de pagar (valor da instalação - 80€). Obrigada
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


seja que cliente seja...com utilização profissional ou de lazer...


 


neste caso e pela informação dada...deveria ficar na nova morada com uma velocidade de +-4Mb...estavel e sem limites (desde que tenha debito directo e factura electronica) logo não vejo o tema em dizer que não é para brincar...


 


que tem menos velocidade sem duvida que teria menos na nova morada...que é responsabilidade do cliente por essa mudança...sem duvida que sim...que o cliente não aceita as condições tecnicas tambem é verdade (alem que esta no seu direito)...


 


mas para isso tem de pagar a clausula de desistencia...neste caso as mensalidades em falta pois neste caso a internet+telefone so tem obrigação de 12 meses...isto por 2 motivos...


1º porque o clientes quer desistir sem justa causa (o minimo de velocidade é ultrapassado, como disse num post atras, deveria ter menos de 256Kb para poder desistir sem custos) teria +/- 4Mb de velocidade estavel e fiavel,,


2º porque não foi responsabilidade da Meo a mudança de casa que fez a velocidade baixar...


 


aceito que digas que a velocidade não te satisfaz...e concordo cnt nesse ponto nem a ti nem a mim de certeza...agora não podes não aceitar não pagar as mensalidades em falta...aceitas-te um contrato...tens de o cumprir...
A meo que começe a cumprir com as velocidades em vez de andar ai a dar uma velocidade ao cilente enquanto está em fase de possibilidade de cancelar o contrato e outra bastante inferior durante o contrato, em vez de andar ai a exigir penalizações para situações como esta, então a pessoa muda-se e a meo deixa de ter meios para que a pessoas possa usufruir de metade daquilo que paga e a pessoa é que ainda tem de pagar uma penaçização? Isto é só **bleep**, mas como és moderador do forum deles já falas assim, pode ser que um dia te aconteca o mesmo a mudes de opinião. A não ser que sejas daqueles que até paga a meo para instalrem fibra na rua deles. 
Reputação 7
Crachá +19
Boas

Se quiseres saber algo mais em relações a contratos e a leis... Procura um bom advogado para ele te explicar que existe quebra de contrato do cliente com a Meo...

O contrato foi feito para uma morada com viabilidade... Se o cliente muda a morada sujeita-se as novas condições da nova morada ou desiste do contrato e paga as mensalidades em falta...

Quem manda é a lei... A minha ou a rua opinião de nada valem quando a lei é específicas a quando da alteração à um contrato...

Só passo a informação que disponho e partilho... Não tenho de agradar a ninguém mas sim passar a informação correcta
Esta situação ficou resolvida com uma reclamação nas entidades competentes, entre elas a provedoria do cliente da PT, que me deu razão e me anulou a cobrança da penalização... O que me leva a crer que o que eu estava a afirmar não era assim tão disparatado. O motivo que o assistente me deu é que é disparatado.... mas enfim... lição aprendida!

Cumprimentos,
Reputação 7
Crachá +19
boas


 


explica passo a passo como o fizes-te.


 


tenho a certeza que pode ajudar muitos a conseguir o mesmo...
Bom dia, basicamente encaminhei a reclamação para a Provedoria do Cliente da PT e num prazo de 24h contactaram-me a informar que a penalização ia ser anulada. Antes disto fiz também queixa no portal da queixa, e a minha intenção seria fazer também junto da ANACOM, mas não chegou a ser necessário pois a Provedoria foi bastante rápida a responder.

O mais ridículo deste episódio foi o facto de depois da minha "discussão" com o assistente da MEO por telefone, passei a ser completamente ignorada pela MEO, pois enquanto "cliente da MEO que não queria rescindir" eu fazia pedidos e/ou reclamações através da área de cliente e eram bastante céleres a responder, quando passei a ser "pessoa que queria rescindir com a MEO" pedi várias vezes o envio da carta que ele me disse que eu ia receber a informar que o serviço seria desativo no dia 28 mas que me ia ser sobrado 82,28€. Até fiz o pedido do envio da carta por e-mail, pois a carta não chegava à minha residência e eu queria ter uma comunicação por escrito em minha posse, e o que é certo é que essa carta só chegou a minha residência (antiga, pois claro) depois de eu informar que não pagaria mais nenhuma fatura até receber a dita carta, pois se a MEO não me dava nenhuma justificação por escrito é porque não tinha mais nenhum valor a reclamar a seu favor. Enfim...

Acho um pouco ridículo em pleno século XXI ainda haver zonas de Portugal onde a internet é tão má a este ponto. A MEO alega que não tem uma velocidade mínima mas o valor de 128kbps ou 256kbps é completamente ridículo, isso hoje em dia não dá quase para abrir uma página. Eu sei que a tecnologia ADSL está completamente ultrapassada e que a MEO já não está a investir em cobre e por isso a possibilidade de um aumento de qualidade de serviço em zonas que não a têm está completamente fora de questão, mas então que se despachem a colocar uma solução viável nestas zonas. O 4G nesta zona também não funciona todos os dias (é como estiver o tempo, literalmente) e até o 3G é bastante fraquito.

Mais ridiculo ainda considero o dinheirão que cobram  (11,99€ enquanto periodo de fidelização e 16,99€, após o periodo de fidelização) de "aluguer da linha telefónica" alegando que é para fazer manutenção  das linhas e manter a qualidade dos serviços... Qual manutenção? Manutenção para garatirem apenas 2, 3 ou 4 mb quando o suposto é 12mb?

 

Responder