FiberGaeway GR241ag: NAT lookback nao funciona (Hairpin NAT / NAT Reflection)


Quando podemos esperar ver o NAT loopback a funcionar no firmware actual.?

Este router, para além de não saber reencaminar os pedidos de portas externas quando estes começam internamente, este firmware também nao permite mudar o DNS local para outro (e tirar partido de um split DNS qq).

 

Este router é demasiado incompleto para estar tão "fechado". Se nao conseguem implementar tudo no interface web, pelo menos podiam deixar aceder a uma shell com mais capacidade de configuraçao low-level...

9 respostas

Olá,

 

Os dois pontos apresentados são relevantes e mantêm-se no firware 3RGW040200r015.

Há alguma estimativa de evolução?

 

Obrigado.

Duas sugestões adicionais de melhoria:

1 - Possibilidade de alterar a gama de DHCP (e deixar alguns endereços para máquinas com IP estático);

2 - Gravação e reposição da configuração de rede (SSID,  password, gamas, Leases estáticas, etc.).

eu tambem aguardo desesperadamente. nao entendo como num equipamento destes.... todo virado para os clientes empresarias. esta funçao nao esta activa.

 

tenho imensos clientes com este problema. nao podendo aceder as ferramentas web na propria empresa. entando no seu interior.

 

 

Mais um com o mesmo problema

Também espero por uma resolução para este problema...

Olá Malta, Alguma novidade sobre isto?

Eu era cliente ADSL com o velho router Thomson e conseguia aceder por ddns dentro da rede interna.

Agora com o fiber gateway não consigo, só por IP ligado ao wifi.


Sabem se já há alguma alternativa?

Até ao momento, cá em casa só por IP. 😞

Um possível workaround para ambos os problemas é desactivar o serviço DHCP e corrê-lo num outro computador ou raspberry-pi onde se tenha controlo sobre a gama de IPs e DNS atribuidos.


 


Adicionalmente podemos correr também um servidor/forwarder de DNS onde se traduzam os nomes pretendidos para o ip interno e rencaminhar ou resolver todos os restantes.


 


Não é o mais fácil, mas é o que se consegue neste momento. Pessoalmente uso o isc-dhcp-server para dhcp e o unbound para dns.

Estes constrangimentos não são admissíveis numa operadora que se diz estar muito avançada tecnologicamente.

È urgente ser feito um upgrade de firmware aos router fibra para que os clientes passem a ter possibilidade de criar NATs; gestão das pools de DHCP/DNS.

Não faz sentido um router não ter estas opções disponíveis, a minha sugestão é existir um modo avançado que deixe mexer nestas opções ou fazer como outras operadoras que tem dois utilizadores de acesso ao router um básico e um avançado.

 

Responder